O deputado estadual Anísio Maia (PT) anunciou, nesta quinta-feira (08), seu ingresso ao G11, bloco formado por deputados governistas dento da base aliada na Assembleia Legislativa da Paraíba. Apesar da adesão, o bloco segue com 11 membros titulares com mandato, já que Genival Matias (Avante) está licenciado do mandato justamente para proporcionar a titularidade do mandato ao petista.

O ato foi publicado no Diário do Poder Legislativo (DPL) na manã de hoje.  Com a adesão, o bloco conta agora com os seguintes partidos: Avante, PRB, DEM, PPS, PT e PR.

Antes de Anísio, quem aderiu ao bloco foi o deputado Doda de Tião, quando o bloco passou a 11 deputados. Como Genival Matias compõe o bloco, mas está licenciado, a expectativa é que não haja mudança de nomenclatura com relação ao tamanho do bloco de G11 para G12.

O ingresso do petista no bloco não é novidade. Logo que assumiu o mandato, em maio desse ano, Maia anunciou que faria parte do então G10.  À época ele justificou que iria eguir a aliança com o Avante, com quem o partido foi coligado nas eleições e que graças a essa parceria pôde voltar à Casa.

“Afirmei meu compromisso e declarei que ia integrar o G10, não é um entendimento, mas uma tendência. Estamos juntos com o Avante e vamos continuar juntos”, disse, na ocasião, acrescentando que o G10 não é um grupo de oposição, mas sim de apoio ao governador João Azevêdo (PSB), alegando que enquanto for governo, ele se manterá no grupo.

Abaixo o ato 073/2019, da Mesa Diretora da ALPB, que formaliza o ingresso de Anísio no G10.

VEJA ATO

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: gestão João é aprovada por 71,2% em Pedras de Fogo

O governador João Azevêdo obteve 71,2% de aprovação da população nestes primeiros 11 meses de governo conforme dados divulgadas nesta segunda-feira (09) em uma pesquisa realizada pelo Instituto Datavox, em…

Análise: João Azevêdo encontra inspiração em Tom Jobim para aplacar a fúria de Ricardo Coutinho

O governador João Azevêdo (sem partido) acertou, mesmo sem saber, o tom do “Samba de uma nota só”. Ele foi beneficiado pelas leis do acaso, quando “permitiu” que o mestre…