Deputado eleito pelo PSL desiste de disputar presidência da ALPB e anuncia apoio a reeleição de Ricardo Marcelo

O deputado estadual eleito, Aníbal Marcolino (PSL), em entrevista ao portal PB Agora na tarde desta sexta-feira (26), anunciou que não vai mais disputar a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Aníbal  também revelou que vai votar no deputado Ricardo Marcelo (PSDB), candidato à reeleição.

Ao ser indagado por que não votaria no deputado eleito, Tião Gomes (PSL), seu colega de partido que também está concorrendo, Aníbal informou que uma reunião no final da manhã desta sexta-feira (26) ficou acordado que Tião Gomes desistiria da candidatura e também iria apoiar Ricardo Marcelo.

O Portal PB Agora entrevistou o deputado por telefone, e ao tentar saber quais foram os deputados que participaram dessa reunião a ligação caiu. Tentamos contato novamente com Aníbal, mas o celular do deputado estava desligado. Ao iniciar a entrevista parlamentar informou que estava viajando.

A informação de Aníbal, no entanto, foi desmentida pelo próprio deputado Tião Gomes, que ratificou disposição de partidicpar da disputa.

"Sou candidato da base de Ricardo Coutinho, tanto eu quanto Lindolfo Pires e aviso que permaneço na disputa, não houve nenhum tipo de acordo com Aníbal", falou.

O Portal PB Agora voltou a tentar entrar em contato com o deputado Aníbal Marcolino para informar da declaração de Tião Gomes, que o desmentiu, mas o parlamentar não mais atendeu ao telefonema da nossa reportagem.

RELEMBRE

Eleito entre os últimos que conseguiram vaga na ALPB, ‘novato’ entra na briga e anuncia que vai disputar Presidência da Casa de Epitácio Pessoa; saiba quem é

Mostrando sinceridade, o deputado estadual eleito Dr. Aníbal Marcolino (PSL) admitiu, em entrevista, na manhã desta quinta (21), que sonha em ocupar a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) a partir de 2011. Sobre o assunto, prevendo qualquer crítica, o parlamentar adiantou NÃO ver obstáculos para um deputado estadual novato ocupar o cargo no Legislativo.

“Quando você chega assume um mandato você já tem todas as condições para chegar à presidência. Mão há pré-requisitos para isso”, declarou.

Questionado se seu fraco desempenho nas urnas (antepenultimo) poderia prejudicar seus objetivos, Aníbal foi ríspido: “Quando você chega à Assembleia não tem essa de ter mais ou menos votos”.

Para Marcolino, o fato de José Maranhão (PMDB) ter conseguido eleger maioria da bancada na ALPB é um ponto favorável à realização de seu objetivo. Por outro lado, não deixou de lado a possibilidade de assumir qualquer outro cargo na Mesa Diretora.

“Isso será resultado de um entendimento conjunto. Irei conversar com meu grupo”, afirmou.

Na disputa

Já manifestaram interesse em postular a indicação os deputados Gervázio Maia Filho (PMDB) e o atual presidente, Ricardo Marcelo (PSDB). Já o deputado reeleito Guilherme Almeida do PSC disse que o seu partido reivindicará o seu espaço na futura Mesa Diretora, uma vez que a sigla elegeu quatro deputados: Arnaldo Monteiro, Vituriano de Abreu, Carlos Batinga e Guilherme Almeida.

 

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“De minha parte não vou colocar nenhuma lenha em qualquer fogueira”, disse Veneziano sobre crise no PSB

Ainda sobre a entrevista do senador Veneziano Vital do Rêgo ontem (12), numa emissora da capital, quando questionado sobre a crise interna no PSB, o socialista adotou a medida do…

Cida tacha de “infeliz” falas de presidente da ALPB sobre RC

A deputada estadual Cida Ramos, PSB, classificou como infeliz, durante entrevista essa semana, a fala do presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), que acusou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) de…