O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) criticou o Governo Bolsonaro por ter liberado esta semana mais 51 tipos de agrotóxicos para serem usados nas lavouras brasileiras. “Só este ano, Bolsonaro já liberou 290 novos agrotóxicos. O Brasil já é o recordista mundial em consumo de veneno, mas pelo visto a saúde do brasileiro não é uma prioridade do Governo Bolsonaro. São mais de 7 litros de agrotóxicos, por ano, para cada brasileiro” disse o deputado.

Segundo o Greenpeace, das 290 substâncias autorizadas esse ano, 41% delas são extremamente tóxicas e 32% já são proibidas na União Europeia. “Atualmente, o Brasil caminha em contramão dos EUA e Europa quando o assunto é a liberação de agrotóxicos. Enquanto se faz uma campanha mundial para diminuir o uso dessas substâncias, o que vemos aqui no Brasil é a liberação desenfreada dessas substâncias. E Ainda há o pedido de 560 substâncias esperando para serem aprovadas”, criticou Frei Anastácio.

De acordo com o deputado, uma das alternativas para consumir menos veneno é comprar produtos em feiras agroecológicas diretamente dos agricultores familiares. “É uma forma de incentivar os pequenos produtores e consumir menos substâncias que fazem mal à nossa saúde. Cada pessoa deveria pesquisar onde estão as feiras agroecológicas nos estados em que moram e consumir mais produtos naturais”, aconselhou o deputado.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após postagem de Bolsonaro, Lula cobra do Congresso ação em defesa da democracia

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), usou seu perfil numa rede social para cobrar do Congresso e da sociedade ação em defesa da democracia. A postagem…

Vereador diz que candidato à PMCG já foi escolhido, mas só Romero irá divulgar

O nome da situação para encabeçar a chapa majoritária na sucessão municipal em Campina Grande já foi escolhido pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD) e só falta ser divulgado. Pelo menos…