O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) criticou o Governo Bolsonaro por ter liberado esta semana mais 51 tipos de agrotóxicos para serem usados nas lavouras brasileiras. “Só este ano, Bolsonaro já liberou 290 novos agrotóxicos. O Brasil já é o recordista mundial em consumo de veneno, mas pelo visto a saúde do brasileiro não é uma prioridade do Governo Bolsonaro. São mais de 7 litros de agrotóxicos, por ano, para cada brasileiro” disse o deputado.

Segundo o Greenpeace, das 290 substâncias autorizadas esse ano, 41% delas são extremamente tóxicas e 32% já são proibidas na União Europeia. “Atualmente, o Brasil caminha em contramão dos EUA e Europa quando o assunto é a liberação de agrotóxicos. Enquanto se faz uma campanha mundial para diminuir o uso dessas substâncias, o que vemos aqui no Brasil é a liberação desenfreada dessas substâncias. E Ainda há o pedido de 560 substâncias esperando para serem aprovadas”, criticou Frei Anastácio.

De acordo com o deputado, uma das alternativas para consumir menos veneno é comprar produtos em feiras agroecológicas diretamente dos agricultores familiares. “É uma forma de incentivar os pequenos produtores e consumir menos substâncias que fazem mal à nossa saúde. Cada pessoa deveria pesquisar onde estão as feiras agroecológicas nos estados em que moram e consumir mais produtos naturais”, aconselhou o deputado.

 

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tributos: Aguinaldo defende retorno em serviços na cobrança dos impostos

Relator da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP/PB) participou, nesta terça-feira (20) de uma Audiência Pública na Comissão Especial para discutir a PEC 45/2019,…

Análise: Virgolino levanta suspeita sobre arrombamento de escritório de RC

O deputado estadual Wallber Virgolino sugeriu nesta terça-feira (20/08) que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) proceda a investigação sobre o arrombamento do escritório do…