Existe uma máxima que diz: “Antes das eleições os candidatos têm muitos predicados, mas é depois que se conhece o sujeito”. É verdade, pois todos os postulantes a um cargo eletivo mostram seus possíveis atributos, mas uma vez eleitos, um bom percentual “esquece” suas atribuições, mostrando um lado pouco louvável da política, no qual práticas escusas aparecem como “prerrogativas” dos que se elegeram com o sufrágio universal.

E após essa quase constatação, o eleitor paraibano espera dos candidatos que enfrentarão o próximo pleito os predicados apresentados na campanha. Particularmente em João Pessoa, os primeiros movimentos efetivos já foram iniciados. O Democratas apresentou na manhã desta terça-feira (28) o nome de Raoni Mendes como pré-candidato da agremiação. Político experiente, em 2012 fui o vereador mais votado da Capital.

Ex-deputado estadual, possui um perfil religioso, baseado no fortalecimento da família e cidadania. Outro nome que já é dado como certo a pré-candidato está centrado na figura do comunicador Nilvan Ferreira que, provavelmente, buscará filiação no PSL.

Bem aceito principalmente nos bairros periféricos de João Pessoa, Nilvan Ferreira desponta com um bom índice de aceitação popular. Contudo, não tem experiência política e, muito além de um microfone ou câmera televisiva, a política partidária é complexa e depende de costuras partidárias para o postulante “decolar”.

Exemplo? O também comunicador Emerson Machado, o “Mofi”, que apostou sua popularidade nas plataformas digitais, rádio e tevê, lançando seu nome a deputado federal nas eleições passadas. O resultado foi uma votação muito aquém do esperado. Outro que luta por um lugar ao sol em 2020 é o deputado Walber Virgolino, em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa pelo Patriota.

Dotado de um discurso conservador, apresenta-se como um discípulo do presidente Jair Bolsonaro, e oferece aos eleitores conservadores a chance de repetir o voto nos que apostaram no “mito”. Outro que figura o páreo da direita conservadora é o também deputado estadual Cabo Gilberto. Mas sua postulação depende de uma série de variáveis, inclusive o aval do próprio chefe do Executivo brasileiro.

A esquerda e sua indecisão

Na seara da esquerda, há uma verdadeira “tempestade perfeita”. Não há um consenso naquele que poderia aglutinar todos os partidos, e essa adesão reside no ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), citado à exaustão na Operação Calvário como o principal articulador de um esquema de propina gigantesco.

Mesmo assim Coutinho conta com uma força política muito forte, mas vem sendo questionado por seu principal aliado; o Partido dos Trabalhadores. Diferente do presidente do diretório regional do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, o ex-deputado estadual Anísio Maia defende o protagonismo da sigla petista, pondo os nomes do Secretário da Agricultura Familiar, Luiz Couto e do deputado federal Frei Anastácio como opções viáveis.

Outros nomes fortes

Ainda não podem ser esquecidos o vice-prefeito Manoel Júnior (Solidariedade) e toda sua experiência política, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB), que vem tendo uma posição de destaque na Assembleia Legislativa, o candidato a ser apoiado pelo governador João Azevêdo, que virá com a força de um gestor que está sendo muito bem recebido pelo povo paraibano, e o escolhido pelo atual prefeito Luciano Cartaxo, que precisa manter-se afastado do escândalo de superfaturamento das obras envolvendo as melhorias do Parque da Lagoa.

Por fim, é observar como as pedras se deslocam descendo ou subindo a ladeira. Tudo vai depender da gravidade, do sujeito e dos predicados. Ah! Podemos ter outros nomes. Inclusive alguns foram retirados da lista por estarem supostamente envolvidos em atos ilícitos e já foram considerados “desqualificados” por seus partidos por terem “telhado de vidro”.

 

Eliabe Castor
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mandetta diz a Bolsonaro que vai contrariá-lo se orientação não for técnica

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, avisou ao presidente Bolsonaro que faria um “freio de arrumação” durante a entrevista coletiva deste sábado (29) com a equipe da pasta sobre…

Projeto de Ruy que reduz salários de deputados e senadores é destaque nacional

A imprensa nacional destacou neste sábado (28) o projeto de lei do deputado federal Ruy Carneiro que prevê um corte de 50% nos salários de deputados federais e senadores durante…