Por Wellington Farias

O mundo parou precavido e assombrado com a pandemia do Covid-19 (coronavirus).

Não foi diferente no cenário político da Paraíba: houve um desaquecimento total das pré-campanhas, até porque os pretensos candidatos às prefeituras municipais desapareceram do mapa com receio de contaminação e, também, para não contrariar as normas das autoridades de saúde que estão sugerindo o isolamento social.

Aliás, a essa altura já começa a se duvidar de que este ano haverá eleições municipais, face o longo período previsto para a pandemia, como também pelas consequências desastrosas que causará à economia do País.

Gerais

Na esteira das dúvidas que a pandemia está deixando, começa-se a aventar uma proposta de cancelamento das eleições deste ano, para que em 2022 haja eleições gerais no país.

Mas, pelo menos até agora, esta é apenas uma sugestão que começa a ser discutida nos meios políticos.

Após

Depois desta situação tenebrosa de ameaça à saúde pública brasileira, naturalmente o mundo será outro, o Brasil também e, portanto, o cenário político.

Muita coisa vai mudar por conta dessa pandemia. Tudo o que foi feito e planejado, até agora, portanto, está passível de ser totalmente repensado.

Passeata

E a chamada passeata da morte, realizada em João Pessoa, a título de manifestação contra o isolamento social?!

Não havia um único trabalhador, sequer na carreata. Só grandes empresários e famílias a bordo de reluzentes e luxuosos automóveis.

O problema é: as madames não querem ir pra cozinha; as classes abastadas não querem por a mão na massa e faz passeata para que seus empregados voltem ao trabalho.

Gente que está em casa, junto com seus familiares; seus filhos não vão à escola e, se preciso for, pode até montar uma UTI dentro de casa.

 

Wellington Farias

PB Agora

Por Wellington Farias

Notícias relacionadas

Efraim já contabiliza apoio de 83 prefeitos paraibanos na corrida para o Senado

O deputado federal Efraim Filho (DEM) recebeu o apoio de mais três prefeitos engajados no seu projeto de eleição para o Senado Federal nas eleições de 2022, contabilizando agora a…

Progressistas vira ‘noiva cobiçada’ da situação e da oposição para as eleições de 2022

O partido Progressistas, da senadora Daniella Ribeiro e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, respectivamente, pode ser o fiel da balança nas eleições do ano que vem. A legenda tem vínculos…