Por pbagora.com.br

A composição do novo Diretório Municipal em João Pessoa – fruto de uma intervenção nacional petista, que destituiu a formação de origem – trouxe uma surpreendente revelação.

A surpresa é a seguinte: o novo presidente do Diretório Municipal do PT na Capital, Cícero Gregório, é o braço direito do ex-deputado federal e atual secretário de Agricultura Familiar do Governo do Estado, Luiz Couto.

Pelo menos publicamente e até dentro do partido, o secretário Luiz Couto não se manifestou sobre essa querela envolvendo o Diretório Municipal do PT e a Direção Nacional que se dividem entre uma candidatura própria com o nome de Anísio Maia e o apoio do partido à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), visando à disputa da Prefeitura de João Pessoa.

Contatos
Apesar das inúmeras tentativas, a coluna não conseguiu falar com o secretário Luiz Couto, nem com os seus assessores, para saber se a indicação de Cícero Gregório embutia também o apoio de Couto à proposta de o PT apoiar Ricardo Coutinho. No entanto, uma fonte relevante nas hostes petistas comentou ontem com o colunista, via whatsapp, o seguinte:

“Mesmo Luiz Couto ainda não tendo se posicionado publicamente, o único Gabinete do PT que está fazendo gestão para aliança com Ricardo Coutinho é o da Secretaria de Agricultura Familiar do Governo do Estado. Inclusive, foi de lá que saiu Antônio Barbosa para ser candidato a vice (de Ricardo Coutinho). Cícero Gregório é o braço direito de Luiz Couto. Foi chefe de gabinete do mandato dele de deputado federal e quando Luiz foi para a Secretaria levou Cícero como seu principal homem de confiança. É com ele que se conversa para definir qualquer coisa política pelo gabinete de Luiz Couto. Então, o movimento ricardista está todo organizado e instalado dentro da Secretaria de Agricultura Familiar. Obviamente, com o apoio de Luiz Couto”.

Outra fonte
Uma segunda fonte petista que está concorrendo às eleições em João Pessoa comentou o seguinte para a coluna, a propósito do assunto:

“Nessas horas de crise, Luiz Couto permanece muito na dele. Ele não participou de reuniões com a gente. Até o momento não deu opinião explicita sobre a questão. O que a gente sabe é que algumas pessoas do grupo dele se posicionam dentro do Diretório, uns estão de acordo com o Diretório Nacional e uns poucos que são do grupo dele que estão de acordo com a Municipal. Mas, normalmente, eles não se posicionam. O que dá a entender na verdade é que o grupo dele, Luiz Couto, está com a Direção Nacional do PT, até porque um dos interventores é Paulo Teixeira, que é o grande líder do agrupamento interno dele. E agora que eu vi pela imprensa que o nome de um dos interventores é uma pessoa da confiança de Luiz. Mas, sinceramente, Luiz Couto não se posicionou para dentro do partido. Eu acho que ele está deixando para o seu grupo resolver.”

Virado
O ex-governador Ricardo Coutinho está solto na buraqueira, percorrendo a pé, acompanhado de dezenas de militantes, tudo o que é avenida, rua, praças e bairros de João Pessoa, cabalando votos à base do corpo a corpo. Nesta quinta-feira, a coluna acompanhou pela internet a caminhada de Ricardo Coutinho durante toda a tarde.
Se corpo a corpo dá resultado em campanha eleitoral, não se admirem se Ricardo Coutinho contrariar as expectativas dos opositores.

 

Wellington Farias
PB Agora

Por Wellington Farias

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Candidato do Patriota em CG pede proteção da PF

A polêmica envolvendo o candidato a prefeito de Campina Grande pelo Patriota, Edmar Oliveira, e a direção estadual do partido, na pessoa do deputado estadual Walber Virgolino ganhou novo capítulo.…

Exclusivo: Damião nega acordo com grupo Cartaxo para 2022: “Nós do PDT da Paraíba não discutimos nada”; ouça

Presidente estadual do PDT na Paraíba, o deputado federal Damião Feliciano negou, durante entrevista exclusiva ao portal PB Agora na tarde desta quinta-feira (29), a existência de acordo para o…