O período momesco parece ter arrefecido os ânimos dos deputados estaduais que compõem o chamado G11, grupo de parlamentares com certa autonomia ao Palácio da Redenção, embora esteja no bloco de sustentação do governador João Azevêdo (Cidadania).

O primeiro indício do bom convívio partiu do líder do G11, deputado Felipe Leitão (DEM), que, em comum acordo com seus pares, emitiu nota solicitando ao presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), o arquivamento relativo ao pedido de impeachment em desfavor a João Azevêdo e sua vice, Lígia Feliciano (PDT).

Para consolidar ainda mais as boas relações, o jornalista Dércio Alcântara, em seu blog, publicou nesta quinta-feira (20) que os deputados Tião Gomes e Genival Matias, ambos do Avante e que figuram o G11, “fumaram” o cachimbo da paz com Azevêdo.

E tal composição sepulta, de uma vez, o pedido de impeachment, de autoria do deputado Wallber Virgolino (Patriota), que foi assinada por toda bancada de oposição na Casa. Além desse fato, as matérias de interesse do Executivo fluirão de forma mais célere, dando a estabilidade política que o governador necessita para seguir seu projeto de governo, cuja aceitação popular é boa.

Por fim, com ampla maioria na Casa, o chefe do Executivo paraibano mostra sua desenvoltura na seara política, buscando a linha peculiar da sua conduta pautada no diálogo. Algo que seu antecessor, Ricardo Coutinho, não possuía.

PARLATÓRIO

Em suma: para os que apostavam que o governador era apenas um técnico, vê-se que o mesmo também possui a habilidade para tratar de questões políticas. E nesse caldo de galinha bem cozido, o G11 também demonstra maturidade.

 

Eliabe Castor
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em postagem, Julian faz desabafo sobre direita envenenada: “São piores do que o PT”

Em resposta a comentários em uma rede social o deputado federal e presidente estadual do PSL Julian Lemos, desabafou, ao destacar que parte da direita está envenenada e deu a…

Pós-janela partidária, sete partidos ficaram sem representação na CMJP

Com o fim da janela partidária, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) registrou a ‘mudança de endereço’ e sete partidos que antes tinham de médias a grandes representações, basicamente…