A pré-candidata à prefeitura de Campina Grande e atual secretária de Desenvolvimento e Articulação dos Municípios (Sedam), Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), em recente Live nas suas redes sociais, ressaltou que seu projeto econômico, social e humano para a cidade foca numa gestão de resultados que dentre alguns pontos, ponha fim a prática do nepotismo tão enraizada na atual gestão municipal.

Segundo Ana, a cidade precisa de bom planejamento, ouvindo vários atores urbanos – comunidade, movimentos civis organizados, terceiro setor, empresas e poder público – o que para ela, pode ajudar, em muitos aspectos, a cidade de Campina Grande. De acordo com a secretária, infelizmente, quando se pergunta quais as transformações construtivas que a atual gestão municipal proporcionou nos últimos sete anos, a população não observa tais realidades, mas tão somente práticas nefastas como a de nepotismo de parentes do prefeito e seus aliados. Ana defende a realização de concursos como forma de ingresso na administração e lembra como exemplo, os 12 concursos públicos realizados na gestão de Veneziano a frente da PMCG.

“Não se tem, na atual gestão, um plano de desenvolvimento de maneira ordenada para a cidade. Campina precisa de uma gestão que possa antecipar as necessidades de seu povo, coordenando esforços e estabelecendo um caminho para um horizonte construído de forma coletiva”, disse Ana, ao lembrar que é preciso ao atual prefeito reconhecer muitas das conquistas da gestão passada e esquecer querelas políticas que o fizeram paralisar obras deixadas quase prontas ou com recursos em caixa, e que, ainda hoje, se encontram abandonadas pela atual gestão.

 

Redação com assessoria de comunicação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador destina R$ 16,1 milhões para ações contra o Coronavírus, na PB

Um decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (8) disciplina a destinação de R$ 16,1 milhões do Estado para o enfrentamento do novo Coronavírus. O documento destina, por…

ALPB aprecia hoje decretos de calamidade de mais de 50 cidades

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) vai realizar, nesta quarta-feira (8), às 10h, sessão extraordinária, de forma remota, para apreciar decretos de Calamidade Pública e de emergência encaminhados à Casa…