Foto: Paulo Bandeira / ALPB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) encerrou, nesta terça-feira (17), o 1º ano da 19ª Legislatura com um número recorde de produção de matérias. Entre requerimentos, projetos de Lei, projetos de Resolução, vetos e Medidas Provisórias, a Casa de Epitácio Pessoa apreciou 10.889, um aumento de 452% na produção em relação ao ano de 2018.

Em 2019, a ALPB superou em mais de 100% a maior produção já registrada na história da Casa, que foi no ano de 2015, quando também era presidida pelo deputado Adriano Galdino, e produziu 5.330 textos. De acordo com o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), só a produção de projetos de Lei superou os números registrados nos anos de 2017 e 2018 juntos. Nesse período, a Assembleia produziu o total de 889 PL’s. Já em 2019, esse número foi de 1416.

O presidente Adriano Galdino pontuou que nunca houve tamanha produção do parlamento paraibano e isso se deve, principalmente, ao compromisso de todos os deputados com o povo paraibano. “A produção dos deputados se aproximou de 11 mil proposituras, é uma produção altíssima, que supera os números somados dos últimos dois anos. Eu agradeço aos parlamentares por esse empenho e por essa vontade de construir a cada dia uma Paraíba melhor e mais justa para todos”, comemorou Galdino.

Galdino parabenizou não só os parlamentares pelo empenho, mas também o compromisso e a responsabilidade dos servidores da Casa. De acordo com o presidente, a agilidade dos profissionais e o dinamismo do trabalho administrativo são fundamentais para que no intervalo mais curto de tempo, os textos estejam aptos para apreciação em plenário.

“É um número recorde e isso se deve a capacidade de trabalho de todos, não só dos deputados. É graças a esse empenho que as matérias são recebidas pela Secretaria Legislativa, passam pelas comissões e chegam para apreciação em plenário em um curto espaço de tempo”, explicou o presidente.

De acordo com o Regimento Interno da Assembleia, após o inicio do recesso nessa terça-feira (17), os deputados retornam às atividades na sede do Legislativo em fevereiro de 2020.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia atua na prevenção do coronavírus em 32 aldeias indígenas Paraíba

A Polícia Militar da Paraíba deu início a um trabalho voltado para alertar a população indígena que vive nas 32 aldeias do Litoral Norte do Estado, com o objetivo de…

Partidos comemoram chegada de vereadores para as eleições em JP

Praticamente na reta final do período de filiações alguns partidos conseguiram a filiação de vereadores para suas respectivas bancadas na Câmara Municipal de João Pessoa. O destaque fica por conta…