A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realiza, nesta quinta-feira (30), sessão especial para debater a implantação de Comitês de Resolução de Disputas (Dispute Boards) na Paraíba. No encontro, também será debatida a elaboração de um projeto de indicação que deverá ser encaminhado ao Governo do Estado com as regras para implementação desse sistema que resolve conflitos sem os levar a justiça nos órgãos da administração direta e indireta. A propositura foi apresentada pelo deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB).

O Dispute Board é um método alternativo de solução de conflitos, que consiste na formação de comitê de especialistas no assunto sobre determinado contrato. Esses profissionais são indicados pelos próprios contratantes e têm a prerrogativa de prevenir ou solucionar eventuais disputas. Além de garantir agilidade, evitar que o caso chegue à justiça, ele garante economicidade.

Este é um método recente no Brasil e não há lei federal que o regule. Algumas proposituras encontram-se em tramitação no Congresso Nacional. O município de São Paulo é pioneiro e lá vigora a Lei 16.873/2018, que introduziu a figura dos comitês de prevenção e solução de disputas na celebração de contratos da administração direta e indireta da cidade.

Serviço
Assunto: Sessão especial para debater a implantação de Comitês de Resolução de Disputas
Dia: quinta-feira (30)
Hora: 10h00
Local: Plenário Deputado José Mariz

 

Redação com ascom

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Duelo dos girassóis: foi deflagrado o rompimento do grupo político de RC e João

Fontes palacianas informaram ao PBAGORA que o caminho é sem volta. “Está rompido”, disse um interlocutor que não quis se identificar, referindo-se ao rompimento entre o ex-governador Ricardo Coutinho e…

Lula pede que STF compartilhe as conversas da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou nesta terça-feira (13) um habeas corpus para que o ministro do STF Alexandre de Moraes divulgue as conversas em…