A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu, nesta quinta-feira (26), o título de cidadã paraibana à ex-ministra Eleonora Menicucci, atualmente secretária Especial de Políticas para as Mulheres do Governo Federal. A entrega ocorreu em Sessão Solene, no Espaço Cultural, durante a abertura da 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres.

Para a deputada Estela Bezerra, a iniciativa de prestar essa homenagem se dá por conta da história que a ministra tem com a Paraíba e com a luta de uma sociedade melhor. "Eleonora morou em João Pessoa, atuou pelos direitos dos trabalhadores e foi professora na área de sociologia. Foi inspiração para que dezenas de pessoas se interessarem pela política é um ícone para todos os paraibanos", definiu.

Já a homenageada falou sobre a emoção, alegria e gratidão de receber a cidadania paraibana. "Morei em João Pessoa logo depois que saí da prisão, de 1978 a 1982. Aqui criei meus filhos e ingressei na universidade. É muito bom ter o trabalho reconhecido em um local tão especial", ressaltou a ex-ministra.

Eleonora Menicucci também falou sobre a importância da conferência. "Essa conferência tem muito a ver comigo. Participei da criação do primeiro grupo feminista para tratar da violência contra a mulher e desigualdade de gênero e um evento como esse serve principalmente para discutir esses asunto", assegurou.

O título de cidadania paraibana para a Eleonora foi apresentado na Assembleia pela deputada Estela Bezerra, no projeto de lei 58/15. Eleonora Menicucci é mineira, nasceu em 1944 em Lavras. Socióloga pela UFMG lutou contra a ditadura e presa em 1971. Saiu da prisão, avançou nos estudos acadêmicos e em 1978 iniciou sua carreira docente na UFPB. Professora Doutora, trabalha com Sociologia da Saúde e milita no movimento feminista desde o final dos anos 70.

Além de receber a honraria, a secretária Nacional das Mulheres, que também é professora doutora, proferiu uma conferência Magna sobre direitos, participação e poder para as mulheres. A palestra ocorreu logo após a abertura do evento, que contou com a apresentação da Orquestra de Mulheres Jovens do Prima-PB.

A Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres também abordou assuntos como a participação das mulheres na política, contribuição dos movimentos feministas para efetivação da igualdade de direitos, com participação nas plenárias da deputada Estela Bezerra, da vice-governadora Lígia Feliciano e da secretária de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares.

Para a secretária de Estado das Mulheres, a conferência estadual é o instrumento da democracia participativa e tem o objetivo de trazer a população e o governo para discutirem juntos políticas para as mulheres, que ainda precisa avançar muito e se interiorizar. "Esse é o momento de avaliar e pensar junto com movimentos sociais, prefeituras, representantes do Governo do Estado e Poder Legislativo para debater esse assunto", resumiu.

O evento reuniu diversos gestores ligados ao segmento e áreas correlatas como saúde e segurança pública, além de mulheres que ocupam cargos em órgãos e entidades ligadas ao segmento. A programação da Conferência das Mulheres continua nesta sexta-feira (27) com grupos de trabalho e a escolha das delegadas que vão participar da Conferência Nacional.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson Santiago sobre efeitos das mudanças eleitorais para 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…