Por pbagora.com.br

O vereador Renato Martins (PSB) aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB) criticou as declarações da vereadora Raíssa Lacerda (PSD) na qual ela apesar de dizer que é ricardista, afirmou que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) é quem apresentou o governador ao Estado. Além de outros comentários que fizeram com que o pai da parlamentar, José Lacerda Neto, secretário de articulação política, rompesse com o governo estadual.

 

Renato Martins disse que a vereadora estava fora de si quando fez tais declarações porque em perfeito juízo todos acreditam que a política é a arte de criar soluções para a sociedade e o seu partido, o PSD, tem muito orgulho de ter criado inúmeras soluções, em João Pessoa, assim como para o Estado da Paraíba.

 

“A sociedade não fica buscando beleza, Não é essa a questão. A estrutura de Saúde no município de João Pessoa melhorou com a gestão do PSB? Sim, é um fato, assim como as escolas, a malha viária, e a população não quer saber se quem fez isso foi alguma pessoa esteticamente menos favorecida pela cultura burguesa. Na verdade, isso não resolve os problemas da sociedade, e sim, a criatividade e a atitude, e isso o governador Ricardo Coutinho tem de sobra”, avaliou.

 

Para o defensor de Ricardo, a Paraíba estava carente de infraestrutura, de geração de emprego e renda, de indústrias, de aumentar o seu PIB e que agora pode se orgulhar de ter evoluido muito em tão pouco tempo.

 

“Hoje, o Estado em meio à crise econômica nacional o nosso PIB cresceu. O número de indústrias atraídas é a maior de todos os tempos. Isso era uma coisa que a Paraíba estava carente e Ricardo Coutinho conseguiu enfrentar os problemas, de forma que ele, verdadeiramente, vem resolvendo os problemas da Paraíba. Essa questão de estética é coisa de pequena burguesia”, disse.

 

O parlamentar destacou que a aliança mais importante do governador é com a população e que essa aliança é indissolúvel e sustentou que a aliança com o PSDB continua.

 

“Qualquer outra é importante, mas aliança com a população paraibana é indissolúvel. Quanto à partidária, eu acho que não tem motivo para romper uma aliança na qual se tem uma mudança concreta tanto na cultura política como na forma de gerar capacidade de investimentos. Então, não tem que se acabar essa aliança PSB/PSDB. Agora independente de qualquer coisa, a principal aliança é com o povo da Paraíba”, ressaltou.

 

Redação

Notícias relacionadas

Estados liderados por bolsonaristas encabeçam mortes por covid-19; veja posição da Paraíba

Um estudo feito pela unidade de inteligência do portal Congresso em Foco mostra que os estados que mais votaram em Jair Bolsonaro no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018…

PMJP autoriza aulas presenciais do Ensino Fundamental II e apresentações musicais

A Prefeitura de João Pessoa publicou novo decreto na noite de ontem(18) no Semanário Oficial. As novas medidas de enfrentamento e prevenção à pandemia de Covid-19 serão válidas desta segunda-feira…