A Paraíba o tempo todo  |

Aliado de Maranhão rechaça nepotismo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O vereador Lucas Santino (PMDB), candidato à Prefeitura de Cabedelo pela coligação “Unidos pela reconstrução, assegura que não irá administrar o município, caso seja eleito, transgredindo ao princípio normativo que considera, como nepotismo, a nomeação de parentes para cargos da gestão pública, em todos os níveis de governo.

Ele diz que considera, como extremamente importante, que a gestão pública tenha, como principal foco, os interesses e necessidades que contemplem o princípio do Bem Comum, e adianta que, desde mesmo o começo do período de pré-campanha, atingindo-se o momento atual, sempre tem recomendado – e sugerido – que as pessoas que se fazem arregimentar, no bloco de sua campanha, jamais se desapercebam dessa realidade.

 

Lucas é apoiado pelo senador José Maranhão e pelo PMDB estadual na cidade portuária



Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe