Presidente do PROS em Campina Grande, o vereador Alexandre do Sindicato, não descarta a possibilidade de junção do seu partido com o “blocão” , formado pelo ” (PP, PT, PSC), com vistas as eleições de 2014.

Segundo Alexandre do Sindicato que foi eleito vereador pelo PTC hoje presidido por Neto Franca mas depois se filiou ao PROS, as conversações lideradas pelo deputado federal Major Fábio avançaram nos últimos dias.

– Houve conversa ainda no intuito do partido participar do “blocão”. – Se a conversação é sadia e repercute no Estado, recebo de bom agrado. Se realmente houver essa conversa eu terei o maior prazer de pensar, ouvir o nosso presidente estadual, Major Fábio, e os nossos quatro vereadores da CMCG – afirmou o vereador.
O sindicalista ressaltou que o pré-candidato do PROS ao governo estadual é o Major Fábio “em qualquer cenário político” e com a possível junção com o “blocão”, o vereador poderia colocar seu nome à disposição para disputa na majoritária.

– Se porventura o major não for para a executiva estadual, eu coloco meu nome à disposição do partido para concorrer a uma das vagas na majoritária. E havendo uma aliança com o “blocão”, vamos vestir a camisa e ir para a batalha – finalizou. Segundo ele, a presença do Pros no blocão iria ampliar as opções de candidaturas da chamada terceira via. Além de  Major Fábio, nomes como o ministro das Cidades Agnaldo Ribeiro, o próprio Enivaldo Ribeiro, pai do ministro e da daputada Daniela Ribeiro, o ex-deputado Marcone Gadelha, entre outros, poderiam sair candidato em 2014 pelo "blocão".

Severino Lopes

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: PSB-PB terá comissão provisória nacional para “remediar” conflito interno

“A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. Assim concluiu, certa vez, Paracels, médico e físico do século XVI. E a afirmação percorreu séculos de forma incólume,…

Lula pede que STF compartilhe as conversas da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou nesta terça-feira (13) um habeas corpus para que o ministro do STF Alexandre de Moraes divulgue as conversas em…