Aguinaldo nega boicote à ascensão de Vital para Ministério e desabafa: “Não faço com ele o que já fizeram comigo”

 

Cumprindo agenda administrativa na Paraíba nesta segunda-feira (25), onde faz a entrega de 40 caminhões caçambas para diversas prefeituras representando o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP) negou, em entrevista à imprensa, que estaria articulando um boicote para impedir a indicação do senador Vitalzinho (PMDB) ao cargo de Ministro da Integração Nacional.

Aguinaldo Ribeiro deixou claro que nunca tratou desse tema e condenou a tentativa de setores da imprensa tentarem provocar uma situação que não existe.

“Essa questão nunca tratei, nem das questões do meu partido eu trato, eu sou ministro e quem é ministro não pode tratar de nomeação nem do seu partido, que dirá dos outros”, disse.

"" Sem esconder a irritação com os questionamentos, Aguinaldo Ribeiro aproveitou para fazer um desabafo ao lembrar que a Paraíba se lembra do que fizeram com ele à época em que esteve cotado para ser Ministro.

 

“Mão venham aqui na Paraíba tentar fazer comigo o que de verdade fizeram comigo lá atrás, a Paraíba toda sabe o que fizeram comigo, mas eu não uso do mesmo expediente”, desabafou.

Questionado quando deixaria o cargo no 1º escalão do Governo Dilma, Aguinaldo disse que respeitará a legislação eleitoral e deixou claro que a decisão só cabe a Dilma.

“A decisão esta nas mãos de Dilma, a nomeação foi feita por ela, então quem decide é ela, se em janeiro, fevereiro ou março, o resto é especulação”, finalizou.

Depois do evento dessa segunda, o ministro Aguinaldo Ribeiro também estará em São Bento (PB) para entregar Termos de Compromisso do programa Água para Todos a 23 municípios do sertão da Paraíba.

A iniciativa faz parte do Plano Brasil sem Miséria e visa universalizar o acesso e o uso de água em áreas rurais para consumo humano e para a produção agrícola e alimentar da população de baixa renda.

 

O documento permitirá às prefeituras construir sistemas simplificados de abastecimento de água como cisternas individuais e produtivas, perfuração e recuperação de poços e pequenas barragens pluviais. Em setembro deste ano, a presidenta Dilma Rousseff entregou o mesmo documento para beneficiar mais de 41 mil famílias em 336 municipios do semiárido nordestino.

O investimento de R$ 135 milhões foi para construção de 1.042 sistemas simplificados de abastecimento de água. Estas ações impactam na saúde das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.

 

Márcia Dias/ Henrique Lima

PB Agora

 

 

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos diz que informação sobre lista negra de Bolsonaro é ‘fake news’ e critica jornal

O deputado federal Julian Lemos, após o Jornal O Globo afirmar que ele estaria ‘numa lista negra’ do presidente da República Jair Bolsonaro, afirmou que a informação é uma ‘fake…

“Triste e lamentável”, define Hervázio sobre participação de presidente nacional do PSB no imbróglio da sigla na PB

O impasse interno no PSB da Paraíba, que ainda não foi resolvido, parece ter piorado após a “intervenção” do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira. Com autoridade para resolver o…