Por pbagora.com.br

 O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse nesta quarta (11/09), durante evento no Rio de Janeiro, que as obras de mobilidade urbana são imprescindíveis para melhorar a qualidade de vida da população. Segundo ele, houve uma retomada dos investimentos neste setor a partir de 2010, no governo da presidenta Dilma Rousseff, com a seleção de obras para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

 

Ao lado da presidenta, ele participou do anúncio de novos investimentos da ordem R$ 2,6 bilhões para obras de mobilidade urbana em municípios da Baixada Fluminense. Entre elas, a Linha 3 do Sistema Metropolitano de Transporte do Rio de Janeiro que ligará com um monotrilho Niterói a São Gonçalo. A obra beneficiará 1,8 milhão de pessoas. “Melhorar a mobilidade urbana é devolver o tempo para o cidadão para outras atividades, como estudar ou para o lazer com a família. Por isso, esse programa é tão importante.”, disse o ministro.

 

Os investimentos em mobilidade urbana, segundo o ministro, foram divididos em duas fases. Na primeira fase, o Governo Federal disponibilizou R$ 89 bilhões. A outra foi o anúncio de mais R$ 50 bilhões para novas obras do setor, anunciado em junho pela presidenta Dilma Rousseff. As obras no Rio de Janeiro fazem parte da seleção feita pelas equipes dos Ministérios das Cidades e do Planejamento nesta segunda fase.

 

A presidenta Dilma Rousseff disse em seu discurso que a relevância de um governo deve ser medida através das obras realizadas e pelo benefício que trará para a população. “Um governo tem de ser medido não se a obra gasta tanto de tijolo, de ferro, se ela é bonita ou não. Um governo tem de ser medido pela obra que faz, se ela beneficia ou não as pessoas”.

 

Para a presidenta é importante as parcerias entre o Governo Federal, estado e prefeituras. "Na hora de governar, tem que haver cooperação. O governo governa, não disputa. Independentemente de partido, há o interesse da população", disse.

 

Investimentos -A prefeitura do Rio de Janeiro receberá R$ 50 milhões para fazer o planejamento das obras da fase dois do BRT Transbrasil para o trecho Deodoro-Santa Cruz. Esta obra completará a primeira fase, que liga o Centro à Deodoro pela Avenida Brasil.

 

Outro projeto será a construção de 17 km de BRT Ligação B até o BRT Transoeste em Guaratiba. São Gonçalo vai receber R$ 9 milhões também para produção de projetos. Um deles será para o sistema viário e ciclovia que serão construídas em paralelo ao monotrilho Niterói-São Gonçalo-Itaboraí. O outro para a construção de 20 km de corredor de ônibus.

 

Os recursos de R$ 1,5 milhão serão para a prefeitura de Duque de Caxias realizar o estudo de viabilidade técnica e econômica das obras de VLT e BRT. O VLT fará o trecho de 22 km entre o Centro e Santa Cruz da Serra. O BRT ligará os 20 km entre Gramacho e Imbarié.

 

A prefeitura de Nova Iguaçu será beneficiada com R$ 4,5 milhões para a produção de projetos. Um deles será para construção de 20 km de corredor de ônibus que fará a continuidade da Via Light executada pelo governo do estado. O outro projeto será para a construção de mais 8 km de corredor de ônibus para o trecho Centro-Dutra-Eixão Leste/Oeste.

 

PARAÍBA- Aguinaldo também confirmou presença no Encontro Estadual com Prefeitos e Prefeitas – Paraíba que será realizado nesta sexta-feira (13) em João Pessoa. O ministro paraibano será um dos palestrantes, na oportunidade Aguinaldo orientará os novos gestores sobre os programas, as ações e as linhas de financiamento disponíveis para os municípios paraibanos. É válido destacar que o Ministério das Cidades, gerencia as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do Programa Minha Casa Minha Vida e as obras de Mobilidade Urbana, abastecimento d’água e saneamento básico em todo o Brasil.

 

Assessoria

 

Notícias relacionadas

Opinião: Lava Jato só serviu para pôr a extrema-direita no Poder e quebrar o Brasil

Para melhor avaliar o estrago que foi a Lava Jato, basta que se observe o que era o Brasil antes e depois de instituída esta Operação. Tanto do ponto de…

Marcelo Queiroga assina protocolo de intenções de R$ 11 milhões para alta complexidade na saúde de JP

O prefeito Cícero Lucena e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinaram, na tarde desta sexta-feira (16), um protocolo de intenções entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e…