Por pbagora.com.br

Aguinaldo diz que novo ministro da Saúde deve ter apoio e autonomia para implementar medidas efetivas contra a covid-19

Após o anúncio de que o médico paraibano Marcelo Queiroga havia aceitado o convite do presidente Jair Bolsonaro para ser o novo titular do Ministério da Saúde, o deputado federal, e líder da maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), disse torcer para que, com a experiência que Queiroga possui, possa fazer com que o Brasil vença a luta contra a covid-19.

Aguinaldo reforçou ainda que o seu desejo é que, em meio à crise pela qual passa o Brasil desde o início da pandemia, o médico paraibano possa ter o apoio necessário do governo federal e ao mesmo tempo ter autonomia para, baseado na ciência, implantar em todo o país as medidas efetivas necessárias contra a covid-19.

“É necessário que ele tenha o apoio e a autonomia necessária para implementar as medidas científicas de enfrentamento à covid-19” declarou.

O parlamentar paraibano ainda disse que na sua opinião é imprescindível uma coordenação nacional para atenuar os impactos da pandemia e arrematou:

“Todos unidos para salvarmos vidas”.

 

Assessoria

Notícias relacionadas

Ruy faz novo investimento no Hospital São Vicente e reforça atenção aos pacientes do SUS

Com o objetivo de fortalecer o Sistema Único de Saúde, que atende cerca de 150 milhões de brasileiros, segundo dados do IBGE, o deputado federal Ruy Carneiro destinou R$ 1,2…

Opinião: Livro de Eduardo Cunha é um libelo eivado de ódio e sentimento de vingança

O livro “Tchau, Querida”, de autoria do deputado federal cassado, Eduardo Cunha, não merece o menor crédito, tampouco tem algum valor histórico. É inútil como documento digno de compor o…