Por pbagora.com.br

A presidenta Dilma Rousseff (PT), que viria a João Pessoa na próxima terça-feira, 18, para anunciar investimentos para a mobilidade urbana, adiou o compromisso na Capital paraibana. Dilma ainda não definiu uma nova data na agenda presidencial que está bastante concorrida, de acordo com afirmação do ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP), que esteve nesta sexta-feira (14) integrando a comitiva presidencial em Manaus (AM) e confirmou a impossibilidade da visita da presidenta à Paraíba, em face de problemas na agenda da Chefa do Executivo Brasileiro.

 

“A nova data está sendo estudada pelo Gabinete da Presidência, conversei com a presidenta Dilma e ela tem total interesse em visitar a nossa querida Paraíba, pois ela tem um carinho todo especial pelo nosso povo e a sua agenda incluirá idas às capitais nordestinas, compromissos no exterior e uma nova data será definida em breve”, contou Ribeiro que é vice-presidente do Partido Progressista em âmbito estadual.

 

 

""Ao lado da presidenta Dilma, o ministro paraibano participou em Manaus (AM), da cerimônia de entrega das 5.384 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) que fazem parte da segunda etapa do residencial Viver Melhor com investimento de R$ 272,64 milhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Cerca de 21.536 pessoas com renda mensal familiar de até R$ 1,6 mil foram beneficiadas. As 5.384 unidades habitacionais são divididas em 4.736 apartamentos distribuídos nos 296 edifícios de quatro pavimentos, 488 casas térreas e 160 casas adaptadas para pessoas com deficiência.

 

 

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, disse que os beneficiários do programa devem preservar o imóvel porque é o bem mais valioso da família. Segundo ele, o Governo Federal trabalha para garantir o conforto dos beneficiários, como é o caso do Residencial Viver Melhor, em Manaus. “Não estamos somente entregando casas. Estamos formando lares e famílias. Tomamos o cuidado de ter creches, hospital e escolas para que as pessoas morem com dignidade”, disse.

 

 

Ao entregar as chaves para a diarista Eliete Batista Negrão, 41 anos, o ministro Aguinaldo Ribeiro disse que, ver o olhar de cada familiar que esta recebendo as unidades habitacionais é ver o projeto sair do papel para realizar o sonho das famílias. “A verdadeira felicidade temos da porta para dentro de nossas casas”, declarou.

 

 

Assessoria

Notícias relacionadas

PB encerra a semana com a maior redução no número de mortes por covid do Brasil

Após muito sufoco nos últimos dias, a Paraíba encerrou a semana com a maior redução de mortes por Covid-19 no Brasil, na média móvel dos últimos 7 dias, e como…

Em nota, presidente da CMCG esclarece alerta do TCE a respeito de pagamentos previdenciários

Após alerta do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) relacionado a “pagamento de contribuições patronais previdenciárias abaixo da estimativa” pela Câmara Municipal de Campina Grande, o presidente da…