Por pbagora.com.br

 Após apelos na frente da Câmara Municipal de Campina Grande, agentes de trânsito aprovados em concurso realizado em 2011 na cidade, foram recebidos pelo vereador Napoleão Maracajá.

O parlamentar levou à tribuna da Câmara de Vereadores, cobranças dos aprovados no concurso da STTP no ano de 2011 para o cargo de Agente de Trânsito. No edital do concurso, no artigo 1.4 das disposições preliminares, consta que o certame tem a finalidade de prover cargos vagos e os que vagarem ou forem criados no período de validade do mesmo.

Das 45 vagas abertas para ampla concorrência, apenas 36 aprovados foram chamados. Houve ainda exonerações no período do concurso, o qual, em Novembro de 2013 foi prorrogado pelo período de dois anos. Até então os demais classificados não foram chamados para preencher as vagas em aberto, mesmo já tendo passado pelo curso de formação e com a superintendência estando com um déficit de agentes nas ruas.

Napoleão usou a tribuna para fazer um apelo ao prefeito Romero Rodrigues pela convocação desses aprovados. “Fica registrado, apresentado ao povo que aqui está, todos os elementos jurídicos e legais que o prefeito Romero deve convocar o mais rápido possível, na pior das hipóteses, 15 desses profissionais que aqui estão e pedem nosso apoio. Peço mais uma vez para o prefeito não apenas cumpra porque aqui está escrito, mas seja coerente com sua bandeira de luta enquanto Deputado Federal. Dos deputados da PB, foi o que mais defendeu o direito dos concursados. Ele tem agora a oportunidade ímpar de casar discurso e a prática, chamando os aprovados de uma instituição que aos meus olhos está falida. Todas a s faixas de pedestre da cidade estão invisíveis, sequer colocam uma tinta para dar nitidez a faixa. E é importante dizer que nos últimos cinco anos a STTP arrecadou mais de 17 milhões de Reais. Aonde está o dinheiro? se não chamamos os concursados, se não ascendemos as faixas com tinta. Fica aqui feito o registro e acompanharemos o pleito. Encaminhamos oficio para tratar com o prefeito este caso importante e todo o caos que atravessa a STTP” , destacou o vereador.

O parlamentar continuou com seu discurso e disse “Portanto, baseado em todas as leis, desde a constituição federal, desde o edital de convocação do concurso, desde o plano de cargo e carreiras, homologado pela gestão atual. Todos esses instrumentos dizem que o prefeito de Campina Grande deveria ter chamado com urgência esses profissionais, aprovados, capacitados pelo curso de formação e a espera da convocação”, criticou o parlamentar.

 

Redação com Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Com tendência crescente, Solidariedade se consolida entre os grandes partidos na PB

O Solidariedade, partido presidido na Paraíba pelo atual prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Manoel Junior, vem crescendo e ganhando força no estado ao longo dos anos e nas…

Aguinaldo ressalta papel fundamental da Câmara para a estabilidade democrática no país

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) participou nesta sexta-feira (22) da reunião entre o candidato à presidência da Câmara Federal Baleia Rossi (MDB), os representantes da bancada paraibana e o…