Confusão: agentes comunitários invadem CMJP, pressionam vereadores e aprovam matéria

 

A sessão desta terça-feira (22) na Câmara Municipal de João Pessoa foi bastante tumultuada. Tudo por conta da invasão das galerias da Casa de Napoleão Laureano pelos agentes comunitários de saúde que reivindicam do prefeito Luciano Cartaxo (PT) o repasse integral da verba oriunda do Ministério da Saúde, no valor de R$ 950,00 por cada agente, além do pagamento do 14º salário.

O vereador Benilton Lucena (PT) pediu vistas ao requerimento apresentado pelo líder da oposição, Renato Martins (PSB) que solicitava audiência pública para debater o tema com os agentes de saúde. O pedido do vereador petista incitou um princípio de confusão nas galerias, com vaias e palavras de protesto. O requerimento do socialista foi aprovado e a sessão especial acontecerá no dia 12 de novembro.

O vereador Luis Flávio (PSDB) também foi tentar ponderar sobre o tema e foi tachado de "burro" pela claque de agentes. Já o vereador Dinho (PR) foi chamado de "mentiroso" pelas galerias ao informar que o prefeito estaria por dentro do processo de negociação com os servidores da saúde.

Durante a sessão de hoje, Renato também exibiu um vídeo em que o prefeito, à época candidato, prometia pagar integralmente o valor do repasse do Ministério da Saúde. O vídeo, inclusive, foi objeto de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, onde o prefeito Luciano Cartaxo aparece ao lado da ex-secretária Roseana Meira reunido com agentes comunitários de saúde da capital.  

Ytalo Kubitschek

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF ajuíza ação de improbidade contra prefeito do Sertão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ação de improbidade contra Aldo Lustosa, prefeito de Imaculada, município localizado no Sertão paraibano; mais oito pessoas (Dineudes Possidônio, Madson Lustosa,…

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…