Em nota divulgada na madrugada deste domingo, 6, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, comentou a decisão de ex-senadora Marina Silva (PSB) que anunciou apoio ao presidenciável Eduardo Campos (PSB).

Segundo Aécio,” a decisão de Marina foi uma resposta às ações autoritárias do PT”.

 

Confira a nota: 

"O PSDB considera que a decisão da ex-senadora Marina Silva de se manter em condições de participar das eleições de 2014, filiando-se ao PSB, é importante conquista do Brasil democrático.

É também uma reposta às ações autoritárias do PT, especialmente aos membros do partido que chegaram a comemorar antecipadamente a exclusão da ex-senadora do quadro eleitoral do próximo ano, com a impossibilidade de criação da Rede.

O PSDB acredita que a presença de Marina Silva fortalece o campo político das oposições e contribui para o debate de ideias e propostas, tão necessários para colocar fim a esse ciclo de governo do PT que tanto mal vem fazendo ao País".

 

Senador Aécio Neves (MG)
Presidente nacional do PSDB 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…

Bolsonaro deve demitir Mandetta ainda nesta segunda-feira, diz O Globo

A demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi confirmada ao jornal O Globo por auxiliares do presidente da República, Jair Bolsonaro. O texto foi publicado pelo jornal na…