Aliança pelo Brasil, partido que será encabeçado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após deixar o PSL. O diretório da sigla na Paraíba já pode ter um comandante. O advogado Rui Galdino, possivelmente, será o escolhido para liderar os novos filiados e principalmente aqueles que venham oriundos do PSL, chefiado pelo deputado federal Julian Lemos no estado.

Apoiador de Bolsonaro desde o tempo em que o presidente atuava no parlamento federal, Rui Galdino, em entrevista à emissora de rádio de João Pessoa não descartou a possibilidade de estar a frente do Aliança pelo Brasil na Paraíba. “Muitos vereadores, muitos prefeitos, muita gente filiado ao PSL ainda e que vai sair junto conosco, muita gente também da direita me mandando mensagens, ligando. Todos conhecem a minha luta, então recebo essa informação com muita alegria e meu nome está a disposição para o novo partido do presidente da República”, garantiu Rui.

Galdino acrescentou que o Aliança pelo Brasil terá como foco as eleições de 2020 e principalmente as de 2022. O advogado tem viajado a Brasília constantemente nos últimos dias com o intuito de articulara fundação do partido e a implantação do diretório na PB. “Nos últimos 18 dias estive em Brasília três vezes e as reuniões estão acontecendo e nós estamos satisfeitos com os acontecimentos”, avaliou o advogado.

No entanto, Rui Galdino deixou claro que a decisão cabe a cúpula do partido.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sob o comando de Pedro Cunha Lima, PSDB fica sem representante na CMCG

O presidente do PSDB paraibano, deputado federal Pedro Cunha Lima que também é filho do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), parece não ter o mesmo poder de persuasão do pai…

Cícero Lucena revela que cogitou disputar Prefeitura de João Pessoa

Longe da política, o ex-senador da Paraíba, Cícero Lucena (PP), revelou em entrevista que cogitou a possibilidade de retornar à vida pública, após deixar o PSDB e filiar-se ao Partido…