Por pbagora.com.br

Morreu no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande nesta segunda-feira (31) a adolescente de 17 anos vítima de espancamento. O crime aconteceu na noite desse domingo (30) no bairro de Santa Cruz, em Campina Grande. A vítima, identificada como Rayane dos Santos, segundo a polícia, foi espancada por cerca de 20 minutos.

De acordo com as investigações, quatro mulheres e um homem teriam invadido a casa da jovem e a agredido brutalmente. A pancadaria teria sido motivada por vingança, segundo a polícia. A cunhada da adolescente, que presenciou o crime, disse à polícia que também foi agredida pelo grupo. Os suspeitos disseram que a Rayane teria furtado o celular de uma das mulheres do grupo. O filho da adolescente de apenas 1 ano também viu a mãe ser espancada.

Os policiais realizaram diligências e horas depois apreenderam duas suspeitas de participarem do crime. Elas foram levadas à Central de Polícia.

Rayane chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Trauma de Campina Grande, mas devido ao quadro de hemorragia interna não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

PB Agora

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

Aguinaldo Ribeiro solicita que Câmara vote proposta de auxílio ao setor de eventos nesta 4ª

O deputado federal e líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) solicitou na manhã desta quarta-feira (03) que a votação do Projeto que cria o Programa Emergencial de Retomada…

“Está com as mãos sujas de sangue”, diz petista ao culpar Bolsonaro por mortos na pandemia

Ao fazer uma análise sobre os números alastrantes de mortes por Covid-19, no Brasil o vereador pessoense Marcos Henriques (PT), tem um culpado e esse se chama o presidente da…