O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) comentou a polêmica em torno dos perigos à integridade física das crianças, após a entrega, ontem (05), do projeto de lei, à Câmara dos Deputados, por parte do presidente Jair Bolsonaro, que muda regras de trânsito e propõe, entre outras novidades, o fim da multa para motoristas que transportarem crianças de zero a sete anos e meio sem dispositivos de retenção, as chamadas cadeirinhas. Veneziano demostrou preocupação com o projeto, ao analisar dados que mostram que o maior número de mortes para crianças de 0 a 14 anos se dá no trânsito.

""

“Mais de 3,7 mil crianças entre 0 e 14 anos morreram no ano passado no Brasil, só no trânsito. Destas fatalidades, 40% são relacionados à ausência de equipamentos de retenção, que são as cadeirinhas. Então, quando o presidente da República se predispõe a enviar à Câmara dos Deputados uma proposta para tornar não obrigatória a utilização desse utensílio de retenção, mostra, por completo, o seu desapreço à vida, o seu desrespeito à vida. E nós não podemos, de maneira alguma, deixar que isso aconteça”, disse o Senador paraibano.

 

Segundo dados recentes da ‘ONG Criança Segura’, fora da cadeirinha o risco de morte de crianças aumenta para 75%, em acidentes de carro. A pesquisa lembra que, como a cabeça da criança é proporcionalmente maior que a cabeça do adulto, durante uma freada brusca, ou acidente, a projeção do corpo sempre será pela cabeça.

 

Assessoria de Imprensa

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Cartaxo observa a crise no PSB como “tábua de salvação”, mas o PT não permitirá sua redenção

O impasse foi formado. Efetivamente há uma quebra de unidade nas hostes do PSB. Uma formação foi dissolvida, afetando a ordem unida do grupo, não estando em compasso soldados e…

Lideranças do PSB pregam diálogo para estancar crise no partido

Lideranças do PSB tentam estancar crise do partido na Paraíba e evitar dissabores nas urnas nas eleições 2020. O líder do governo estadual na Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Barbosa (PSB),…