Por pbagora.com.br

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) comentou a polêmica em torno dos perigos à integridade física das crianças, após a entrega, ontem (05), do projeto de lei, à Câmara dos Deputados, por parte do presidente Jair Bolsonaro, que muda regras de trânsito e propõe, entre outras novidades, o fim da multa para motoristas que transportarem crianças de zero a sete anos e meio sem dispositivos de retenção, as chamadas cadeirinhas. Veneziano demostrou preocupação com o projeto, ao analisar dados que mostram que o maior número de mortes para crianças de 0 a 14 anos se dá no trânsito.

""

“Mais de 3,7 mil crianças entre 0 e 14 anos morreram no ano passado no Brasil, só no trânsito. Destas fatalidades, 40% são relacionados à ausência de equipamentos de retenção, que são as cadeirinhas. Então, quando o presidente da República se predispõe a enviar à Câmara dos Deputados uma proposta para tornar não obrigatória a utilização desse utensílio de retenção, mostra, por completo, o seu desapreço à vida, o seu desrespeito à vida. E nós não podemos, de maneira alguma, deixar que isso aconteça”, disse o Senador paraibano.

 

Segundo dados recentes da ‘ONG Criança Segura’, fora da cadeirinha o risco de morte de crianças aumenta para 75%, em acidentes de carro. A pesquisa lembra que, como a cabeça da criança é proporcionalmente maior que a cabeça do adulto, durante uma freada brusca, ou acidente, a projeção do corpo sempre será pela cabeça.

 

Assessoria de Imprensa

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PBAgora/Datavox: gestão João é aprovada por 58,2%, em Princesa

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 58,2% da população do município de Princesa Isabel. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade, entre…

Assessor do deputado Cb Gilberto, Cb Rui é preso suspeito de agredir mulher, diz site

Cabo Rui, que atua como assessor do deputado estadual Cabo Gilberto, teria sido preso na madrugada deste sábado (1º), após ser autuado na Lei Maria da Penha. A informação foi…