Os prefeitos dos 223 municípios paraibanos vão encerrar o mês de setembro com uma pequena folga nos cofres públicos. É que o terceiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) terá um aumento de 4,74% se comparado com o mesmo período do ano passado.

Será creditado nas contas municipais um total de R$ 78.671.999,99 em valores brutos, sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Desse valor será descontado R$ 15.734.400,00, mais R$ 11.800.800,00 para a Saúde e R$ 786.720,00 do Pasep. Apesar do aumento, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) pede cautela aos gestores municipais e alerta para que fiquem atentos aos últimos meses do ano ao gerir os recursos municipais, uma vez que, as contas aumentam com o décimo terceiro dos servidores. A recomendação da entidade é que seja realizado um planejamento estratégico para não haver surpresas negativas.

Para as mais de cinco mil prefeituras brasileiras, o total repassado será de R$ 2.002.932.261,86, já descontada a retenção do Fundeb. Em valores brutos, o montante é de R$ 2.503.665.327,33.

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF pede quebra de sigilo bancário de ex-prefeito no âmbito da Operação Andaime

No âmbito da Operação Andaime, deflagrada em 2015, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-prefeito de Santa Cruz (PB), Raimundo Antunes. De…

Bruno afirma ter apoio de vereadores de Romero para disputar PMCG

Prestes a se encontrar com o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), para discutir a sucessão municipal de 2020, o ex-deputado Bruno Cunha Lima, e atual secretário-chefe do Gabinete do…