Os prefeitos dos 223 municípios paraibanos vão encerrar o mês de setembro com uma pequena folga nos cofres públicos. É que o terceiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) terá um aumento de 4,74% se comparado com o mesmo período do ano passado.

Será creditado nas contas municipais um total de R$ 78.671.999,99 em valores brutos, sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Desse valor será descontado R$ 15.734.400,00, mais R$ 11.800.800,00 para a Saúde e R$ 786.720,00 do Pasep. Apesar do aumento, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) pede cautela aos gestores municipais e alerta para que fiquem atentos aos últimos meses do ano ao gerir os recursos municipais, uma vez que, as contas aumentam com o décimo terceiro dos servidores. A recomendação da entidade é que seja realizado um planejamento estratégico para não haver surpresas negativas.

Para as mais de cinco mil prefeituras brasileiras, o total repassado será de R$ 2.002.932.261,86, já descontada a retenção do Fundeb. Em valores brutos, o montante é de R$ 2.503.665.327,33.

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Visando eleições, auxiliares de Cartaxo articulam data para deixar a PMJP

As articulações e estratégias visando as eleições municipais deste ano já estão a todo o vapor e quem ocupa cargos públicos precisa se afastar das funções para poder concorrer. Desta…

Opinião: Cartaxo continua “patinando” na escolha do nome que vai apoiar por falta de opção e iniciativa

O rei está morto? Ainda não, mas seus conselheiros pretendem matá-lo o quanto antes. Assim é o que passa para a sociedade as estratégias suicidas do prefeito de João Pessoa,…