Os deputados federais Frei Anastácio (PT/PB), Nilton Tatto ( PT/SP) e Airton Faleiro (PT/PA) solicitaram que o Tribunal de Contas da União (TCU) comece a fiscalizar o Ministério do Meio Ambiente para analisar os procedimentos da contratação de sistema privado de monitoramento para fiscalizar o desmatamento na Amazônia.

A solicitação dos deputados petistas foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, (CMADS) da Câmara dos Deputados.

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tem anunciando que irá realizar a troca do sistema de monitoramento do desmatamento da Amazônia, após a crise que foi criada com a divulgação feita pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais ( INPE) e que resultou na demissão do seu diretor Ricardo Galvão.

Governo quer manipular dados

De acordo com matéria publicada no Jornal Estado de São Paulo, no dia 15 de agosto, o Ministério está realizando “testes gratuitos” desse novo sistema, e informa que pelo formato do edital que está sendo preparado, ela poderá ser vencedora do processo de licitação que irá contratar este novo sistema.

“Isso é alerta de que poderá haver controle das informações verdadeiras. Privatizando haverá prejuízo para o meio ambiente com manipulações das informações. Bolsonaro já mostrou, claramente, que não está preocupado com o desmatamento, ou com as queimadas. A preocupação dele é com a repercussão e em fazer acusações infundadas para incriminar ONGS ”, afirmou Frei Anastácio.

“O governo, de forma tirana, determinou a exoneração do Presidente do instituto – INPE -, Ricardo Galvão, simplesmente porque ele divulgou a verdade. Com isso, criou um grande “mal estar” entre cientistas de todo o mundo. É necessário que o TCU realize a fiscalização desses atos para apurar a regularidade dos mesmos. É preciso esclarecer se está em curso um processo de cartas marcadas, com eventual favorecimento, a pessoas ou empresas, com a escolha de novo sistema de monitoramento de desmatamento na Amazônia”, afirmaram por unanimidade os autores do requerimento.

 

Redação com ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cartaxo vê como remota possibilidade de realinhamento com RC

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), participou nesta segunda-feira (9) da inauguração de uma Unidade de Saúde da Família, em Cruz das Armas. Além de tratar de temas…

Após ameaçar pedir mandato de João, executiva do PSB manda recado a deputados: “Mandato é do partido”

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, foi sucinto ao dizer que o PSB fará questão dos mandatos dos deputados paraibanos que estão declarando que querem sair da sigla por…