A Paraíba o tempo todo  |

“A orientação é transformar o Brasil na maior economia da América Latina”, revela Tárcio

PUBLICIDADE

Nessa sexta-feira (25), mais um paraibano foi nomeado para um cargo no governo do presidente Jair Bolsonaro.

O currículo de Tárcio Handel Pessoa, que atuará como secretário adjunto na Secretaria-Executiva do Ministério do Turismo é extenso. Ele é ex-secretário de governo, formado em Direito e Administração e especialista em Direito Público pela UFPB, além de possuir MBA em Gestão Empresarial pela FGV-SP e atuar há mais de 10 anos como gestor de estratégias para sustentabilidade de organizações e na captação de recursos e formação de alianças e parcerias.

Tárcio foi mais uma indicação do deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL) que destacou, em entrevista ao PB Agora, o critério técnico e a experiência que o fizeram apresentar o nome do conterrâneo.

“O critério maior e único é o técnico. Tárcio foi secretário de Estado, aliás de uma supersecretaria. É uma pessoa extremamente capacitada de um currículo muito bom e de uma sensibilidade com nossa região. Esse é o critério, não existe nenhum tipo de indicação que porventura eu venha a fazer baseada em amizade, mas sim em capacidade e honestidade e Tárcio se encaixa nesse sentido” declarou.

Julian ainda destacou a importância do Turismo na nossa região e sobretudo na Paraíba e o valor que é ter um paraibano nesse ministério.

“A importância para a Paraíba é muita. Primeiro porque o Nordeste tem como ponto de muita importância a questão do Turismo e como eu sou uma pessoa muito próxima do ministro acho que ele é uma pessoa competente e que terá sensibilidade em atender os nosso pleitos, então porque não ajudá-lo a exercer e vencer esse grande desafio que é desenvolver a questão do Turismo na nossa região? É muito importante ter um paraibano, alguém capaz de desenvolver esse trabalho e que fará parte desse núcleo duro para que a gente possa ter acesso e só assim tentar realizar mudanças tão vitais no nosso estado, nossa região e porque não dizer no Brasil” concluiu.

Por sua vez Tárcio destacou que as metas que tem para a função são ousadas e envolventes no intuito de tratar o Turismo como estratégia de desenvolvimento econômico.

“A orientação é transformar o Brasil na maior economia da América Latina. Vamos reposicionar o MTur para atuar de forma transversal e integrada com outros ministérios. Hoje o Turismo representa apenas 2,5% do PIB, há potencial para chegar a 12% em 15 anos. É essa nossa missão” pontuou.

Thatiane Sonally

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe