Por pbagora.com.br

Ao analisar os recentes escândalos de corrupção envolvendo diversos políticos paraibanos, o cientista político e professor doutor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcio Flávio, disse que essas revelações pela polícia e poder judiciário, estão impondo aos políticos se reinventarem e mudarem práticas anteriormente tradicionais.

“A cultura política sempre conviveu com a corrupção. O que mudou foi a sociedade e os mecanismos de controle. A partir do escândalo do Mensalão, em 2005, o combate à corrupção ganhou outro rumo. Vários agentes políticos e empresários foram presos. Mesmo assim, os atores políticos continuaram suas práticas corruptas. Eles tinham a certeza da impunidade”, afirmou o cientista ao analisar que a corrupção existe na Paraíba desde a chegada dos portugueses e a guerra contra os Potiguaras, em 1585.

Para o professor, o caixa dois existiu em todas as campanhas eleitorais no Estado, mas o fortalecimento dos órgãos de controle garantiu mais autonomia para as investigações.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em nota, candidatos a vereador do PT de JP anunciam apoio irrestrito a Anísio

Os pré-candidatos e pré-candidatas do Partido dos Trabalhadores (PT) à Câmara Municipal de João Pessoa, emitiram uma Nota Manifesto, nesta segunda-feira (21) onde reafirmaram o apoio irrestrito à pré-candidatura de Anísio Maia a…

“Apostamos no diálogo político” diz Antônio Barbosa ao ser cotado para vice de RC

O advogado Antônio Barbosa, ex-presidente do diretório do PT de João Pessoa admitiu a possibilidade de ser o nome do PT para compor chapa com Ricardo Coutinho (PSB) na disputa…