O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) ontem (11) durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, para a indicação de Evandro Pereira Valadão para compor o Tribunal Superior do Trabalho (TST), o parlamentar paraibano enquadrou o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) que é filho do pre4sidente Jair Bolsonaro no tocante as dificuldades de geração de empregos no mercado brasileiro atual.

Flávio teria dito nas suas falas que atualmente é uma missão quase impossível ser patrão no Brasil, divido a burocracia existente. “Sempre que pende mais para um lago ou para o outro, todos saem perdendo. Então hoje você ser empregador no Brasil é uma missão quase impossível, devido à alta carga tributária, burocracia, ou seja, além de toda a complexa legislação brasileira, também pesa os encargos trabalhistas”, disse Bolsonaro.

Em resposta Veneziano que também como membro da CCJ disse: “O senador Flávio Bolsonaro diz e eu não discordo é difícil ser empresário no país, ai eu digo imagine ser empregado no nosso Brasil é muito mais difícil e duro”, disse o senador paraibano.

Assista:

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cinco deputados paraibanos assinam pedido de CPI da ‘Lava Jato’ na Câmara

O pedido de CPI da Lava Jato foi validado pela Mesa da Câmara dos Deputados nesta última sexta-feira (13). A Mesa validou 175 das mais de 200 assinaturas obtidas pela…

Vereador diz que declarações de Alexandre do Sindicato é “Reflexo da Operação Famintos”

Integrante da bancada de oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Galego do Leite (Podemos) reagiu as declarações do vereador e vice-líder da situação  Alexandre do Sindicato (PHS),…