O governador João Azevêdo está em São Paulo, hoje (11), para apresentar o projeto do Polo Turístico Cabo Branco a empresários da área de turismo interessados em investir no complexo. O Polo Turístico teve edital para chamamento público lançado na última quarta-feira (5) no Centro de Convenções, em João Pessoa e disponibilizará, inicialmente, cinco lotes para instalação de hotéis e resorts, sendo três deles voltados à beira-mar, um para a área do rio e um em frente ao Centro de Convenções.

 

 

Durante o programa Fala Governador de ontem (10), João Azevêdo comentou que, enfim, depois de mais de 30 anos, o Polo Turístico Cabo Branco chega ao período de liberação de lotes e recebimento de propostas de empresas interessadas na construção de hotéis e resorts. “Será um momento diferenciado para o turismo na Paraíba, da mesma forma que o Centro de Convenções criou dois momentos para esse Estado em termos de turismo, a construção desses hotéis também será um marco extremamente importante”, afirmou João Azevêdo.

 

 

O governador ainda garantiu que a área do Polo Turístico Cabo Branco é dotada de toda a infraestrutura necessária para receber grandes hotéis e ainda há um cuidado com a preservação do meio ambiente. “Para que houvesse uma compensação ambiental para a implantação desses hotéis, criamos um parque chamado Parque das Trilhas, que juntou o parque Jacarapé, o parque Aratu e uma grande área verde que contorna o Centro de Convenções. Então esse Polo nasce com toda sustentabilidade ambiental”, explicou.

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho se compromete a viabilizar diálogo da APDP com governo do estado

O deputado federal Efraim Filho se comprometeu a abrir um canal de diálogo entre a Associação Paraibana dos Defensores Públicos e o governador João Azevedo, para que a entidade possa…

“O que não deixa a saúde funcionar é a corrupção e falta de gestão”, diz Ruy

A falta de informatização na gestão da saúde em João Pessoa compromete o atendimento às pessoas e dá margem para corrupção. Este foi um dos problemas apontados durante entrevista nesta…