Conforme o jornal ´Estadão´, três nomes já surgem para disputar em maio do próximo ano a presidência nacional do PSDB: deputado Bruno Araújo (PE), apoiado pelo governador eleito de São Paulo, João Doria; deputado Yeda Crusius (RS); e o paraibano e senador Cássio Cunha Lima.

Cássio Cunha Lima não foi reeleito e a partir de fevereiro de 2019 ficará sem mandato, e portanto, livro para reestruturar o PSDB.

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: RC vê conotação política em escritório arrombado. Acha que há mandantes

Em resposta a questionamentos da coluna, o presidente da Fundação João Mangabeira e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na madrugada deste domingo (18), não ter dúvidas de que…

Após foto com Julian Lemos, Helton Renê é removido de grupo do PCdoB

Apesar de ainda estar filiado aos quadros do PCdoB da Paraíba, o vereador licenciado e atual secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, foi surpreendido, ontem, domingo (19), com…