Por pbagora.com.br

 O presidente do PSDB estadual, Ruy Carneiro revelou na tarde desta sexta-feira (18) que a saída do prefeito Luciano Cartaxo  do PT e sua filiação ao PSD abre espaço para diálogo entre ele e os tucanos, mas mesmo com esse novo cenário, não descarta a prioridade da legenda de ter candidatura própria para a prefeitura da Capital em 2016.

 

Ruy também lembrou da fidelidade do deputado federal, Manoel Júnior (PMDB) que apoiou a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para o governo estadual em 2014, mas continuou reafirmando que todas as decisões da legenda serão feitas em 2016, depois de muito diálogo interno.

 

"Por estar no PT, o prefeito Luciano estava fora da nossa possibilidade de diálogo, agora passa a estar dentro, assim como o nome de Manoel Júnior entre outros. Mas vamos tentar inicalmente seguir a tendência natural de política da sigla que é pela candidatura própria para prefeito da Capital. No segundo turno vamos analisar o cenário. No entanto, falta mais de um ano ainda para pensar no pleito, muita coisa vai acontecer ainda", explicou Ruy Carneiro.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Esquerda forma frente anti-Bolsonaro que pode virar aliança para 2022 na Paraíba

Quem pensar que os partidos de esquerda estão desarticulados entre si, na Paraíba, está enganado. Há mais de dois meses, sete deles – PT, PSB, Psol, PC do B, UP,…

PSD se afasta de Bolsonaro de olho em 2022 e coloca Romero em saia justa na PB

‘Romero mora no meu coração’, disse recentemente Bolsonaro em CG A aliança formada pelo presidente Jair Bolsonaro com partidos do Centrão ao longo de 2020 vem se desgastando nos últimos…