A Paraíba o tempo todo  |

2012: André Gadelha fala sobre desistência de Tyrone

2012: André Gadelha quebra o silêncio, fala sobre desistência de adversário e revela futuro político em Sousa

O deputado e pré-candidato da oposição à prefeitura de Sousa, Andre Gadelha (PMDB) quebrou o silêncio e na manhã desta quinta-feira (14) falou pela primeira vez sobre a desistência do seu principal adversário, Fábio Tyrone, da disputa pela reeleição no município. Para o pré-candidato, a desistência à reeleição por parte do prefeito representa nada mais do que ‘a pura falta de compromisso’.

“Ele conseguiu chegar na prefeitura em uma condições atípica, onde ganhou a eleição por apenas 121 votos e não teve a competência de fazer um bom trabalho e essa desistência agora só ratifica o que nós temos dito, ou seja, é a pura falta de compromisso”, alfinetou.

André Gadelha ainda lamentou o fato do adversário (Fábio Tyrone) ter coagido à oposição e os empresários na cidade fazendo exigências que acabaram prejudicando o desenvolvimento do município.

“Ele chegou a coagir os adversários e os empresários na cidade fazendo exigências para se construir, atrapalhando o crescimento da cidade, ele também começou a cobrar a água das pessoas que tinha um incentivo, ele não morou na cidade, é um descompromissado, acabou com os projetos culturais, acabou com tudo”, lamentou.

Conforme Gadelha, a gestão de Tyrone não tinha compromisso com o pobre e só pensou em arrecadar.

PRÉ-CANDIDATURA DE LINDOLFO PIRES

Segundo oposicionista, a troca de Fábio Tyrone (PTB) por Lindolfo Pires (DEM) não altera em nada o atual quadro eleitoral na cidade. “O quadro permanece inalterado com a postulação e Lindolfo e só mostra que agora em Sousa seremos três candidatos na corrida pela prefeitura da cidade”, lembrou.
Os candidatos em questão serão: Lindolfo Pires (DEM), Inaldo Leitão (PP), que lançou ontem sua pré-candidatura, e André Gadelha (PMDB).

 

PRÉ-CANDIDATURA DE INALDO LEITÃO

Apesar do quadro não ter sido modificado com a mudança de Tyrone por Pires, o mesmo não pode se dizer com relação à entrada de Inaldo Leitão na disputa. De acordo com Gadelha, nesse final de semana o grupo do PMDB manterá conversas com o grupo do PP para analisar a possibilidade de uma candidatura única das oposições na cidade.

“Vamos conversar com nossa família e com o PP para analisar a possibilidade da unificação dos palanques de oposição na cidade”, destacou.

 

Com informações de Henrique Lima


PB Agora

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe