Ao fazer uma avaliação dos primeiros 100 dias da gestão do Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), e do governador da Paraíba Joao Azevedo (PSB), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), disse que ainda é cedo para fazer qualquer crítica aos dois gestores.

Para ele, três meses não é tempo suficiente para o presidente e o governador mostrar serviço, o que seria inoportuno fazer esse tipo de análise. Ele destacou que os dois governantes tiveram a chance de apenas apresentar projeto.

– Nenhum teve a possibilidade temporal de fazer absolutamente nada – frisou, em entrevista a Rádio Caturité FM.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TJ suspende eleição antecipada da Mesa da Câmara de Bayeux

Uma decisão do desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, do Tribunal de Justiça da Paraíba, suspendeu a possibilidade de realização de eleição antecipada da Mesa Diretora da Câmara Municipal de…

“Fico com os dois”, diz Jeová Campos ao driblar preferências sobre crise no PSB

A crise interna do PSB paraibano vem dividindo os filiados por todo o estado. Muitos já se posicionaram favoráveis ao governador João Azevêdo (PSB) e outros ao ex-governador Ricardo Coutinho…