Ao fazer uma avaliação dos primeiros 100 dias da gestão do Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), e do governador da Paraíba Joao Azevedo (PSB), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), disse que ainda é cedo para fazer qualquer crítica aos dois gestores.

Para ele, três meses não é tempo suficiente para o presidente e o governador mostrar serviço, o que seria inoportuno fazer esse tipo de análise. Ele destacou que os dois governantes tiveram a chance de apenas apresentar projeto.

– Nenhum teve a possibilidade temporal de fazer absolutamente nada – frisou, em entrevista a Rádio Caturité FM.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo rebate declarações de Bolsonaro contra governadores do NE

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), usou seu perfil numa rede social para rebater as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) contra os estados da Paraíba e…

Ex-candidato a presidente se solidariza com governadores do NE e revela encontros com RC

O ex-candidato à presidência da República, Fernando Haddad, usou ser perfil numa rede social para prestar solidariedade aos governadores do Nordeste a quem o presidente Jair Bolsonaro chamou de ‘paraíbas’,…