Ao fazer uma avaliação dos primeiros 100 dias da gestão do Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), e do governador da Paraíba Joao Azevedo (PSB), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), disse que ainda é cedo para fazer qualquer crítica aos dois gestores.

Para ele, três meses não é tempo suficiente para o presidente e o governador mostrar serviço, o que seria inoportuno fazer esse tipo de análise. Ele destacou que os dois governantes tiveram a chance de apenas apresentar projeto.

– Nenhum teve a possibilidade temporal de fazer absolutamente nada – frisou, em entrevista a Rádio Caturité FM.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Moro desembarca na PB para manifestar apoio ao trabalho do Gaeco

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, desembarcou em solo paraibano na manhã desta segunda-feira (17). O auxiliar do Governo Bolsonaro chegou no Avião da Força Aérea Brasileira, no Aeroporto Castro…

Polícia prende homem suspeito de transportar 10 kg de crack na PB

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 38 anos suspeito de transportando 10 quilos de uma substância análoga ao crack em um carro na BR-101, na cidade de…