O vigilante Javan Luiz de Souza, de cinquenta anos, foi assassinado, na noite de ontem, sábado (27), no km 38 da BR 230, em Santa Rita, próximo ao Câmpus da Universidade Federal da Paraíba.

 O corpo foi encontrado por Policiais Rodoviários Federais que perceberam uma motocicleta caída à margem da via, com a vítima já sem vida, apresentando algumas perfurações pelo corpo.

Segundo relato do vigilante da Universidade, por volta das 19h foram ouvidos alguns disparos, e esse pode ter sido o momento da morte. A perícia e o IML foram acionados e realizaram os procedimentos de praxe.

Ainda não há nenhuma linha de investigação para o crime. A motivação e a autoria seguem desconhecidas. 

Mais cedo

Também ontem, no final da tarde, um homem foi executado com cerca de seis tiros à queima roupa, no bairro do Grotão, em João Pessoa, Capital da Paraíba.

O crime, conforme a polícia, aconteceu próximo à feira livre do bairro e pode ter relação com o tráfico de drogas. Militares fizeram rondas, mas ninguém quis falar sobre o caso. No local permanece a lei do silêncio. A autoria e a motivação ainda são desconhecidas. Rondas foram realizadas, mas ninguém foi preso.

PB Agora

Foto: PRF


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher é esfaqueada pelo companheiro após discussão na Grande JP

Na madrugada desta terça-feira, 25, uma mulher foi esfaqueada na cidade de Bayeux. Segundo informações da Polícia Civil o suspeito é o próprio companheiro da vítima. A facada atingiu o…

Repórter é vítima de tentativa de ‘golpe do falso parente’, em CG

O repórter Felipe Valentim foi vítima de uma tentativa do “golpe do falso parente”, na última quinta-feira (20), em Campina Grande. Conforme o boletim de ocorrência registrado por ele em…