Por pbagora.com.br

Nesta quarta-feira (28), o vereador eleito Ozório Guedes Policarpo Neto (Pros), da cidade de Soledade, no Cariri paraibano, procurou a Polícia Federal para denunciar que foi ameaçado para renunciar à posse no dia 1° de janeiro de 2017. De acordo com Ozório, dois homens armados invadiram a casa dele e tentaram que ele assinasse documentos timbrados, porém não assinou.

Segundo a vítima, ele estava na casa de uma amiga quando dois homens invadiram a casa o procurando. O envelope que os criminosos traziam estava timbrado com o brsão da Câmara dos Vereadores de Soledade, detro havia um ofício feito em nome do vereador e destinado ao presidente da Câmara de Vereadores, informando a renúncia.

Outras duas pessoas que estavm na casa foram mantidas reféns. Os suspeitos ordenaram que ele deitasse no chão, apontavam as armas para ele e chegaram a passar facas pelo seu corpo, o ameaçando.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Suspeito de tráfico é preso pela 3ª vez com drogas em JP

Uma operação realizada entre o Regimento de Polícia Montada (RPMont) e Coordenadoria de Inteligência (COInt) da Polícia Militar desarticulou um ponto de venda de drogas que funcionava em uma vila,…

Suspeito de violentar jovem e assaltar família na Paraíba, é preso

A Polícia Militar localizou e prendeu o principal suspeito de violentar uma jovem, assaltar sua família, e de cometer vários crimes de roubo na região de Lagoa Seca e Puxinanã.…