A Paraíba o tempo todo  |

Vacinação errada em Lucena: Anvisa e Organização Pan-Americana de Saúde chegam na PB

Diversos representantes da Organização da Pan-americana de Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária chegam à Paraíba para participar das investigações sobre a vacinação de crianças contra a covid-19 com doses irregulares e vencidas na cidade de Lucena, no Litoral Norte do estado. O caso veio à tona no sábado (15), após denúncia apresentada ao Ministério Público Federal (MPF).

A Opas e a Anvisa se juntam ao Ministério Público Federal e a Vigilância Sanitária da Paraíba na investigação. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 49 crianças receberam as doses irregulares. A vacinação aconteceu na Unidade Básica de Saúde de Estiva, na zona rural de Lucena.

No início da tarde desta segunda-feira (17), o secretário de Saúde da cidade, Antônio Paulo, a técnica de enfermagem que aplicou as vacinas, uma enfermeira do mesmo grupo de saúde e a chefe de imunização do município foram afastados.

A vacinação contra covid-19 foi suspensa no município.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      30
      Compartilhe