Por pbagora.com.br

Os conselheiros do Tribunal de Contas da Paraíba tratam como “mentira deslavada” o noticiário acerca de reunião na qual teriam tomado conhecimento de dossiê montado com o propósito de intimidá-los para assim conter a ação fiscalizadora da Corte.

Em Nota sobre o assunto, eles reafirmam o compromisso de zelar pelo patrimônio público e o propósito de combater a corrupção. Além disso, anunciam “providências jurídicas cabíveis em defesa da instituição Tribunal de Contas da Paraíba”. Eis a Nota:

 

NOTA PÚBLICA

Os conselheiros do TCE-PB, estupefatos com a informação de que foram vítimas de dossiê criminoso encomendado por integrantes de ORCRIM, alvo de apurações no âmbito da “Operação  Calvário”, com o alegado objetivo de intimidar a ação fiscalizatória deste Tribunal, refutam e repelem, com veemência, as espúrias insinuações de terem participado de suposta reunião na qual teria sido apresentado o mencionado material. Mentira deslavada!

Ao reafirmar o compromisso do zelo com o patrimônio público e incondicional e contínuo apoio ao combate à corrupção, os membros do TCE exigem rigorosa e célere apuração dos fatos veiculados na denúncia ofertada pelo MP-PB, com a consequente condenação dos responsáveis pelos atos delituosos.

Por fim, considerando a gravidade dos fatos descritos, todas as providências jurídicas cabíveis estão sendo adotadas em defesa da instituição Tribunal de Contas da Paraíba.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB vai acionar Interpol na busca de fugitivo da ‘Barbárie de Queimadas’

A Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social da Paraíba vai acionar a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícias de outros estados do país, além de órgãos de sistema…

Polícia apreende espingardas utilizadas em crimes ambientais na PB

A Polícia Militar apreendeu, no fim da manhã desta quarta-feira (25), 11 espingardas que estavam sendo usadas na prática de crimes ambientais no sertão do estado. A apreensão aconteceu na…