Por pbagora.com.br

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de João Pessoa, prendeu duas pessoas em flagrante relacionadas a um esquema de receptação de equipamentos de estações do sistema de telefonia no Estado.

A Operação Mercúrio II foi realizada em oito cidades da Paraíba e faz parte de uma investigação que começou no mês de Julho.

Na Operação Mercúrio I, realizadas no mês de julho deste ano, foram presos: Ricardo Alexandre de Oliveira Ramalho, de 36 anos e Irlis dos Santos Silva, de 35 anos, proprietários da empresa Virtuax, provedora de internet na Capital. Na época, as investigações apontaram que os crimes eram praticados em território paraibano e ainda em Pernambuco e a receptação do material causava prejuízo à sociedade.

 

 

 

Notícias relacionadas

Veja os pontos com acúmulo de água em João Pessoa; confira a previsão para hoje

A capital paraibana registrou pontos de alagamentos já nas primeiras horas desta sexta-feira (14). O acúmulo de águas estende-se em várias regiões da cidade. Ontem houveram deslizamentos de barreira, alagamentos…

Suspeito de tráfico é preso pela 3ª vez com drogas em JP

Uma operação realizada entre o Regimento de Polícia Montada (RPMont) e Coordenadoria de Inteligência (COInt) da Polícia Militar desarticulou um ponto de venda de drogas que funcionava em uma vila,…