Com base nas investigações e levantamentos feitos pela polícia, a 10 pessoas detidas na última segunda-feira (10) em um flat na orla de Manaíra suspeitas de participarem do ataque ao Presídio PB1 teriam relação com um outro crime ocorrido na Capital. A ação da quadrilha contra a unidade prisional resultou na fuga de 92 presos.

O grupo também é suspeito de ter realizado um assalto a um empresário dentro de uma cooperativa de crédito no bairro da Torre, no último dia 3 de setembro. A delegada titular do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, Karina Torres, acredita que eles seriam os autores do assalto em frente ao Sicredi.

Na ação criminosa, homens invadiram a agência e anunciaram um assalto a um cliente que iria realizar um depósito. Os bandidos levaram uma quantia em dinheiro e fugiram, abandonando no local um veículo.

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação Rabo da Gata: oito pessoas são presas suspeitas de tráfico e roubos

Uma ação integrada das Polícias Civil e Militar da Paraíba com as Polícia Civil e Militar de Pernambuco foi realizada na madrugada deste sábado (7), na 16ª Área Integrada de…

Dupla suspeita de assaltar comércio em João Pessoa é presa em Cabedelo

Dois homens suspeitos de praticarem um assalto a uma loja localizada no Centro de João Pessoa, foram presos nessa quinta-feira (05) na cidade de Cabedelo. Eles foram reconhecidos por uma…