Duas pessoas presas, uma arma de fogo apreendida e dezenas de produtos recuperados. Este é o resultado de uma ação realizada na manhã desta quarta-feira (18) pela Polícia Civil.

Os presos são suspeitos de praticar uma série de assaltos em João Pessoa e foram flagrados pelos policiais no momento em que dividiam os objetos roubados .

Um suspeito reagiu à abordagem policial e disparou contra a equipe. Os agentes de investigação revidaram o ataque e o criminoso foi atingido com um tiro no fêmur. Ele foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senafir

A ação foi realizada por equipes da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCPES) e ocorreu, por volta das 10 horas, na divisa entre os bairros Bancários e Altiplano.

Segundo o delegado Carlos Othon, titular da DCCPES, a Polícia recebeu várias denúncias de vítimas de assaltos praticados por uma dupla formada por um homem e uma mulher .

” Nossa equipe de investigações iniciaram as diligências e conseguiram localizar essa dupla na manhã de hoje (quarta-feira, 18) numa área escondida, dividindo os resultados dos roubos”, explicou o delegado .

Ao ver os policiais, o suspeito identificado como Alex Alves Pinto sacou um revólver e atirou em direção aos agentes. A equipe policial revidou e conseguiu atingir o homem com um tiro na perna.
Ele foi socorrido e permanece custodiado no hospital.

A mulher , identificada como
Nadijane Alves de Almeida, 31 anos, também foi presa no local.

Com os dois, os policiais encontraram dezenas de produtos roubados das vítimas. Celulares, jóias, bolsas, documentos e quantias em dinheiro estão entre os itens recuperados.

Os policiais ainda localizaram uma moto roubada e chaves de outros veículos que foram tomados por assaltos .

“Essa ação foi resultado de um trabalho de investigação, bem sucedido e feito com dedicação por nossa equipe de investigadores “, declarou o delegado.

Várias pessoas que foram assaltadas na região dos Bancários compareceram à delegacia para reconhecer objetos e suspeitos .

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Juiz nega pedido de ex-prefeito de Catingueira para deixar presídio por conta do Covid-19

Apesar da pandemia do coronavirus no mundo, o juiz da 14ª Vara da Justiça Federal, Rafael Chalegre do Rego Barros, indeferiu o pedido do ex-prefeito da cidade de Catingueira, José…

Bandidos arrombam escola de dança em CG e levam figurinos de dançarinos

Os bandidos arrombaram uma escola de dança e levaram m figurinos dos dançarinos, em Campina Grande. A escola funciona na Estação Velha, e na ação, os bandidos levaram televisão, objetos…