A Paraíba o tempo todo  |

Suspeitos de assaltos a bancos e morte de PM no RN são presos em João Pessoa

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça e Segurança Pública (FT SUSP/RN), integrada pela Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, DEPEN e SEAP, sob coordenação da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP) e, contando com apoio da Polícia Civil da Paraíba, prendeu nessa quinta-feira, dia 1º, em João Pessoa, dois homens suspeitos de pertencerem a uma organização criminosa especializada em roubos a bancos.

Um dos presos tinha cinco mandados de prisão em aberto expedidos pela Justiça do RN e é acusado, também, pelo assassinato do cabo PM Ildônio José da Silva, ocorrido no dia 16 de agosto de 2018.

Durante as buscas nos locais onde os homens estavam escondidos (bairros de Gramame e Valentina), os policiais apreenderam um rifle calibre 44, um revólver calibre 38, roupas camufladas, além de uma porção de droga.

Assassinato do PM

O cabo Ildônio foi assassinado durante um assalto entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar, quando se dirigia para a faculdade. O militar, que cursava administração em Mossoró, foi reconhecido por um dos criminosos no interior de um ônibus e baleado.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe