Por pbagora.com.br

A Polícia Militar prendeu três suspeitos de aplicar golpes contra clientes de um supermercado, na cidade de Santa Rita. O trio, que era formado por dois homens de 39 e 40 anos, e uma mulher, de 31, pedia doações de R$ 5,00 para ajudar a uma suposta formatura do curso de Jornalismo de uma faculdade particular de João Pessoa.

O golpe era aplicado através de uma maquineta de cartão de crédito, que debitava os valores doados. Conforme uma das vítimas, eles diziam que quem fizesse as doações concorreria a um brinde, composto por uma bolsa feminina e um fone de ouvido, que eles chegavam a mostrar na hora. O crime só foi descoberto quando uma funcionária pública, que tinha feito a doação, foi passar as compras no caixa do supermercado e descobriu que o cartão estava sem limite, pois além dos R$ 5,00, os golpistas passaram outros valores.

Os policiais do 7º Batalhão foram acionados e prenderam os três em flagrante com a maquineta usada para subtrair dinheiro com o golpe, uma quantidade de cocaína e os objetos apresentados como brindes.

Os presos foram levados para a Central de Flagrantes, em João Pessoa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Grupo suspeito de furtar energia elétrica para residências e comércios é preso na PB 

A Polícia Civil da Paraíba conseguiu capturar quatro pessoas suspeitas de praticarem furto de energia no município de Pucuí, no Seridó paraibano. A descoberta foi feita pela  Energisa, empresa responsável…

Vigia de rua é morto com um tiro no rosto no Agreste da Paraíba

Um vigia de rua foi morto com um tiro no rosto, em Queimadas, no Agreste da Paraíba. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (27) no bairro Cássio Cunha Lima,…