Foi preso, na tarde desta segunda-feira (17), pela Polícia Civil, o marido da mulher que morreu afogada na praia do Bessa, em João Pessoa, na madrugada do dia 6 de agosto. O juiz plantonista da 3ª Vara Criminal expediu o mandado de prisão preventiva no último sábado (15). 

A morte de Natália Donato de Lima, de 28 anos, segundo marido, foi acidental. Mas exames concluíram que Natália sofreu uma pancada na cabeça antes de morrer.O corpo dela foi exumado no dia 27 de agosto.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de João Pessoa, o crime pode ter sido motivado por causa de um seguro de vida no valor de R$ 400 mil.

O CASO

Segundo o relato do marido, eles resolveram dar um mergulho durante a madrugada na praia do Bessa, e a esposa se afogou. Ao amanhecer, a Polícia Militar encontrou o corpo da vítima na areia da praia do Bessa.

O casal havia se mudado do Rio de Janeiro para a Paraíba há quatro meses, na época da morte da mulher. O corpo dela foi exumado a pedido da Polícia Civil para o prosseguimento das investigações. O delegado Reinaldo Nóbrega, da Delegacia de Homicídios da Capital, está no comando do caso.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PM prende homem com duas armas e munições na cidade de Brejo do Cruz

Uma equipa da Policia Militar prendeu, na tarde de hoje (26), um homem de 41 anos com duas armas e munições, no município de Brejo do Cruz, no Sertão paraibano.…

Motorista com sinais de embriagues perde o controle e invade casa, na capital

Um motorista supostamente embriagado, ocasionou na noite de ontem (25), um acidente no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa, quando invadiu uma residência. Uma viatura do Samu e outra…