Um homem suspeito de ser o mandante de um homicídio foi preso na manhã desta quinta-feira (2) durante ação da Polícia Civil. O fato ocorreu na cidade de Conceição, no interior da Paraíba, a 470 quilômetros de João Pessoa. Ele teve a prisão preventiva decretada após investigações policiais apontarem indícios da participação dele na morte de Francisco de Assis Vieira de Lucena. Ele foi assassinado no dia 15 deste mês, com disparos de arma de fogo.

O crime ocorreu no município de Santa Inês (PB), que integra a região de Conceição e causou comoção no local. Francisco pertencia à família de políticos de Diamante (PB), cidade vizinha ao local que ocorreu o delito. Segundo as investigações, a vítima possuía desavenças com um o homem apontado como mandante do crime.

Os policiais ainda apreenderam uma arma de fogo, tipo espingarda, e quatro aparelhos celulares que serão periciados para constatar se foram usados no crime.

Durante a ação, um segundo homem também foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo, mas foi liberado após pagamento de fiança.

As investigações terão continuidade para identificar e localizar outros três envolvidos no crime, incluindo os dois executores.

A Polícia Civil ressalta que a população pode auxiliar com as investigações por meio do Disque 197. Qualquer informação sobre o caso pode ser repassada pelo telefone de forma anônima e sigilosa.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jovem é morto por ex-companheiro da sua namorada, em Campina

Um jovem de 24 anos foi assassinado com um tiro no peito, na madrugada deste domingo (24), em Campina Grande, no Agreste paraibano. O crime aconteceu no bairro do Novo…

Polícia Civil prende na capital, líder de facção criminosa foragido da Bahia

Uma operação da Polícia Civil da Paraíba prendeu na noite de ontem (23), um dos líderes de uma facção criminosa da Bahia que estava foragido na Paraíba. Ele foi preso,…