A Polícia Militar prendeu um dos suspeitos de participar de uma ação contra um correspondente bancário do Bradesco, na madrugada desta terça-feira (12), na cidade de São Miguel de Taipu. Ele tem 34 anos, é da cidade de São Miguel de Taipu, e foi localizado durante as buscas com uma banana de dinamite.

De acordo com o comandante do 8º Batalhão, major Oscar Beuttenmuller, o preso estaria dando suporte ao bando. “Foram quatro criminosos que chegaram em um carro por volta das 3h30 da manhã, explodiram o banco, mas não conseguiram explodir o cofre, pois perceberam que as guarnições estavam montando um cerco no município. Essa banana de dinamite apreendida com o suspeito possivelmente seria usada contra o cofre”, disse.

O preso e o explosivo apreendido foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Pilar, que já iniciou as investigações para tentar identificar os outros suspeitos que integram a quadrilha responsável pela ação criminosa da madrugada desta terça-feira. 

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher com substância análoga à cocaína é presa em São Mamede

Na noite dessa segunda-feira, dia 24, a PRF da Paraíba prendeu uma mulher que transportava em um táxi cerca de 220 gramas de substância análoga à cocaína na cidade de…

Jovem é morto a tiros dentro de casa e na frente da avó em JP

Um jovem foi morto a tiros na tarde desta terça-feira (25) no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. De acordo com a polícia, ele estava dentro de casa quando um…