A Polícia Militar prendeu um dos suspeitos de participar de uma ação contra um correspondente bancário do Bradesco, na madrugada desta terça-feira (12), na cidade de São Miguel de Taipu. Ele tem 34 anos, é da cidade de São Miguel de Taipu, e foi localizado durante as buscas com uma banana de dinamite.

De acordo com o comandante do 8º Batalhão, major Oscar Beuttenmuller, o preso estaria dando suporte ao bando. “Foram quatro criminosos que chegaram em um carro por volta das 3h30 da manhã, explodiram o banco, mas não conseguiram explodir o cofre, pois perceberam que as guarnições estavam montando um cerco no município. Essa banana de dinamite apreendida com o suspeito possivelmente seria usada contra o cofre”, disse.

O preso e o explosivo apreendido foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Pilar, que já iniciou as investigações para tentar identificar os outros suspeitos que integram a quadrilha responsável pela ação criminosa da madrugada desta terça-feira. 

 

Secom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de estuprar enteadas passa por audiência de custódia nesta quinta, em JP

Um homem de 49 anos suspeito de abusar sexualmente de duas enteadas foi preso, nessa quarta-feira (13), por policiais civis. Ele foi localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa,…

Padrasto é preso suspeito de estuprar enteadas na Paraíba

A Polícia Militar prendeu um homem na noite desta quarta-feira (12), suspeito de estuprar as duas enteadas, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A prisão ocorreu após denúncia feita…