Por pbagora.com.br

 A Promotoria da Infância e Juventude de Cabedelo ouviu, nessa segunda-feira (6), um homem que se apresentou como pai do recém-nascido batizado de Moisés, que foi abandonado pela mãe na calçada de uma casa no bairro de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, logo após o parto. O caso aconteceu na quarta (1). O menino deverá receber alta do Hospital Edson Ramalho nesta terça-feira (7). O advogado Luiz Victor – contratado pelo suposto – vai ser reunir na tarde desta terça com o juiz da Infância e Juventude de Cabedelo para decidir sobre os rumos do caso.

 

A promotora Cristiana Vasconcellos revelou que um homem falou ser o pai do bebê chamado de Moisés, após assistir reportagens falando sobre o caso. Ele esteve na sede do Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caop) do Ministério Público da Paraíba, em João Pessoa, onde foi encaminhado, através de ofício, para o MP de Cabedelo.

 

“O rapaz chegou ao Caop e foi atendido por uma assistente social. Ele disse que reconheceu a suposta mãe e o bebê através da imprensa. Eu orientei que o encaminhasse para a Promotoria da Infância de Cabedelo porque o caso ocorreu na cidade portuária. Entrei em contato com a promotora Cristina – que interrogou o rapaz – ainda na segunda”, confirmou a promotora Soraya Escorel, coordenadora do Caop da Criança e Adolescente na Paraíba.

 

Escorel revelou que o suposto pai disse que está pronto para ajudar nas investigações e falou sobre o desejo de fazer um exame de DNA para comprovar a paternidade da criança. “O homem mora em Intermares – local onde a criança foi encontrada – e disse que quer fazer o exame de DNA. Caso seja confirmada a paternidade, a criança deverá ficar com a família biológica. Se o exame der negativo, o bebê deverá entrar na lista para adoção”, disse.

 

O bebê que aparenta ter poucas horas de vida foi encontrado abandonado ao lado de uma lixeira, na avenida Golfo Amudsen, no bairro de Intermares, em Cabedelo, ainda com o cordão umbilical.

 

Segundo a tenente Viviane Vieira, da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Cabedelo, moradores passavam pela localidade quando encontraram o bebê chorando em um poste e ao lado de equipamento usado para colocar lixo.

 

O recém-nascido foi levado para o Hospital e Maternidade Edson Ramalho, em João Pessoa. O garoto passa bem. “As pessoas já batizaram o recém-nascido de Moisés, que segundo a bíblia, também foi abandonado”, comentou.

 

Um homem foi até o Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caop) do Ministério Público da Paraíba e se apresentou como pai da criança que foi flagrada por câmeras de segurança sendo abandonada em uma calçada na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Conforme documento apresentado pelo MP e reproduzido pela TV Cabo Branco, o suposto pai do menino encontrado na quarta-feira (1º) prestará informações para comprovar a paternidade.

 

O bebê recém-nascido foi encontrado abandonado em uma calçada na cidade de Cabedelo, ainda com o cordão umbilical na rua Golfo Amundsen, no bairro de Intermares, conforme informações tenente Viviane Vieira, da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar. À época, a criança foi atendida pelo Samu e levada para o Hospital Edson Ramalho, onde foi integrado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e posteriormente transferida para a Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

 

Redação com Correio

Notícias relacionadas

Homem é esfaqueado após reagir a assalto dentro de ônibus, em JP

Na manhã deste sábado (10), um homem foi esfaqueado ao reagir a um assalto dentro de um ônibus, no Centro de João Pessoa. Segundo as informações policiais o crime aconteceu…

PM prende casal por porte ilegal de armas e tráfico, em Campina Grande

Na noite desta sexta-feira (09), a guarnição da Força Tática do 2°BPM, realizava rondas pelo Bairro de Catolé de Zé Ferreira, quando foi solicitada por moradores para averiguar uma residência…