O suplente de vereador da cidade de Conde, Flávio Melo de Souza, foi preso na tarde desta segunda-feira (22). A prisão, efetuada por policiais militares, ocorreu na Câmara Municipal de Conde, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Mista de Sapé contra o suplente.

Ele foi preso juntamente com sua esposa, Janaína da Silva Vieira. Informações divulgadas pela imprensa apontam que o suplente, conhecido como “Flávio do Cabaré”, foi preso por crimes ligados a exploração sexual, mas o processo corre em segredo de Justiça. No município, comenta-se que Flávio mantém uma casa de prostituição, motivo de seu apelido.

Ao ser conduzido pela polícia, questionado pela imprensa, ele negou as acusações e citou o nome do vereador Fernando Araújo, a quem tachou de “policial corrupto e réu confesso”.

“O vereador Fernando Araújo é um corrupto e é réu confesso. Eu não sou réu confesso”, declarou. Ele disse ainda que é um cidadão do bem e que desconhecia o motivo de sua prisão, mas, declarou que “tudo envolve política”.

data-lazy-loaded=1

data-lazy-loaded=1

Redação com Parlamentopb

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Casal tenta entrar com drogas e celulares dentro de TV, em presídio da PB

Um homem e uma mulher foram flagrados por agentes penitenciários neste sábado, (21), tentando entrar com vários aparelhos celulares e drogas dentro de dois televisores, na Penitenciaria de Cajazeiras, no…

Menor infrator tem internação mantida por ameaçar pessoas com armas brancas, em Cuitegi

Por unanimidade e em harmonia com o parecer do Ministério Público, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou provimento ao recurso apresentado em favor de um menor…