Por pbagora.com.br

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve julgar hoje (12), o habeas corpus em que Coriolano Coutinho pede a retirada da tornozeleira e suspensão da medida cautelar que determina seu recolhimento em casa a partir das 20h.

O habeas corpus foi impetrado pelos advogados de Coriolano Coutinho em 06 de março, e os pedidos para retirada da tornozeleira e a não exigência de recolhimento em casa às 20h foram negados pela ministra Laurita Vaz, relatora dos recursos dos envolvidos na Calvário no STJ.

Coriolano Coutinho é irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, e segundo a Força-Tarefa da Operação Calvário, exercia papel de influência nas ações da organização criminosa. O irmão, Ricardo Coutinho, apontado como chefe da organização criminosa, responsável por desvios de mais de R$ 130 milhões, conseguiu liminar do ministro Gilmar Mendes do STF para retirar a tornozeleira, devido problemas técnicos no equipamento e a exposição do denunciado à Covid-19, quando era deslocado ao presídio para consertar ou trocar a tornozeleira.

 

Redação  

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende terceiro suspeito de matar adolescente em Pitimbu

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (22), o terceiro suspeito de participar da morte de um adolescente na cidade de Pitimbu, no litoral Sul da Paraíba. O jovem…

Corpo em decomposição é encontrado em matagal de Cabedelo

Na manhã desta quarta-feira (23), um corpo em estado de decomposição foi encontrado na cidade de Cabedelo. Segundo informações policiais o homem deve estar morto há pelo menos dois dias,…