Por pbagora.com.br

A Polícia Militar da Paraíba expulsou da corporação o soldado Anderson Carneiro Da Cunha Leite, 33, após a conclusão de processo administrativo disciplinar. O comandante geral da Polícia Militar, Euller Chaves, assinou a expulsão do soldado. Ele havia sido preso em abril deste ano sob a suspeita de tentar matar um travesti e ainda troar tiros com outros policiais.

De acordo com o texto da conclusão do processo, a Polícia Militar entendeu pela impossibilidade de permanência de Anderson Carneiro na corporação. O ex-militar atuava no Centro Intergrado de Operações da Polícia MIlitar (CIOP), no entanto, após sua prisão, foi transferido para outro setor.

 

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em JP, polícia prende trio suspeito de cometer assaltos na zona sul

A Polícia Militar prendeu três suspeitos de cometer assaltos contra transeuntes na zona sul de João Pessoa, nesta terça-feira (27). O trio, que estava armado em um carro, foi interceptado…

Bala perdida mata homem no bairro de Mandacaru na capital

Um homem de 36 anos morreu após ser atingido por um tiro, no início da manhã de hoje (28), em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar (PM), a…